23.11.2014

Compulsão Alimentar

Acho que todo mundo que corre contra a balança já escutou essas duas palavras.

Compulsão Alimentar 1

“Eu me odeio por comer muito”.

Eu nunca soube bem o que era até chegar a adolescência por conta das zoações da minha família. Sabe porque zoações? Eles sempre acharam engaçado o fato de que quando pequena, eu comia escondida e escondia os pacotes de bolachas atrás da cama. O que pra eles era brincadeira, pra mim se tornou assustador ao tomar consciência do que acontecia.

Sempre que ansiosos, felizes ou nervosos, o primeiro impulso é comer. E isso acaba por se tornar um ciclo vicioso. Não é a toa que cheguei a mais de 100kg com menos de 18 anos e tendo apenas 1,66 de altura.

Compulsão alimentar é comer mais do que precisa e passar mal, ficar um dia inteiro sem comer e quando comer, atacar tudo pela frente, é comer escondido e/ou esconder as embalagens dos produtos consumidos; é comer rápido, sem mastigar.

Compulsão Alimentar 2

O importante é:

  • Sempre coma devagar! Mastigue bem os alimentos.
  • Prepare sua mente enquanto prepara o prato com os alimentos a serem consumidos. Tipo, pense assim ‘eu preciso comer tudo isso?’, coloque menos no prato se a fome for muita porque enquanto come e mastiga, seu cérebro vai preparando o estômago para o alimento que vai chegar… Essa é uma tática que costumo fazer.
  • Não fique com fome e/ou muitas horas sem comer. Isso faz mal e quando você for comer… Nhack, vai atacar tudo!
  • Evite comer carboidratos após as 18h. Assim você já prepara o corpo para uma linda noite de sono!
  • Coma primeiro os vegetais e/ou legumes! É uma ótima estratégia para comer menos dos outros alimentos e aumentar a saciedade.
  • Escove os dentes após as refeições: além de cuidar do sorrisão, indica ao seu cérebro que terminou a refeição e faz com que você sinta ‘preguiça’ de comer algo e ter que ir escovar os dentes novamente. Essa é outra tática que costumo usar no dia a dia, principalmente á noite.

Alguém já sofreu ou sofre de compulsão alimentar? Quer conversar sobre isso? Só me chamar! O espaço é nosso.

Translate »