04.02.2015

RESENHA: Ansiedade – Augusto Cury

ANSIEDADEAnsiedade
Autor: Augusto Cury
País: Brasil
Editora: Editora Saraiva
Mais informações: Skoob
Sinopse: “A Sindrome do Pensamento Acelerado: como e porque a humanidade adoeceu coletivamente, das crianças aos adultos. – Você sofre por antecipação? Acorda cansado? Não tolera trabalhar com pessoas lentas? Tem dores de cabeça ou muscular? Esquece-se das coisas com facilidade? Se você respondeu “sim” a alguma dessas questões, é bem provável que sofra da Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA). Considerada pelo psiquiatra Augusto Cury como o novo mal do século, suplantando a depressão, ela acomete grande parte da população mundial. Neste livro, você entenderá como funciona a mente humana para ser capaz de desacelerar seu pensamento, gerir sua emoção de maneira eficaz e resgatar sua qualidade de vida.”

Resenha: Sim, mais um livro de auto ajuda. Ok, não é bem auto ajuda… É mais uma explicação sobre a ansiedade.

Ansiedade 1

A Sinopse me chamou muito a atenção pelo simples fato de eu ter respondido sim a todas as questões que o livro indaga.

Eu tenho mania de sacudir a perna por ansiedade (até parece que esse movimento faz com que a ansiedade vai se esvair para o joelho). Quando tenho que ficar parada, fico me sacudindo pra frente e pra trás. Estava com dores seríssimas na nuca (mas o médico já me passou um remédio para relaxar). Tou melhorando bem com a perda de memória depois que sai do meu último trabalho. Quando estou em um lugar, penso em 300 coisas para fazer ao mesmo tempo. Não consigo querer me especializar em algo, quero tudo: ser professora, trabalhar com desenhos, arte, madeira, costurar, blogar, ser chefe escoteira e salvar o mundo.

Ansiedade 2

Pois bem, no começo, o livro vai explicando o que é ansiedade, o que causa isso nos jovens, nas crianças… E ele passa, digamos 80% explicando o que é ansiedade.

Um dado importante: 80% da população mundial sofre com a Síndrome do Pensamento Acelerado.

São dadas 24 dicas de como usar seu Eu como gestor de pensamentos, vou citar algumas:

  • Se autoconhecer é necessário. Fuja da ideia de ser perfeito.
  • Gerenciar os pensamentos, assim você foge de ser escravo das ideias do passado e do futuro (antecipando-as).
  • Superar aquela vontade de mudar ajudar o outro e aprender a apenas contribuir nas ideias.
  • Toda mente é um cofre, ou seja, não existem mentes impenetráveis mas escolha de chaves erradas.
  • Fugir das influências genéticas: Auto punição (comer por ansiedade!!!), raiva, agressividade…
  • Deletar memórias ruins, desnecessárias é possível e necessário!
  • Pensar antes de agir: não sendo escravo das respostas, mas fiel á própria consciência.
  • Coloque-se no lugar do outro para entendê-lo melhor.
  • Nunca seguir pelo caminho curto como julgar, excluir e negar mas seguir o caminho mais inteligente e elaborado.
  • Pensar como humanidade, não como grupo social, nacional, cultural e religioso.

Quando chega na parte de dizer o que fazer para reduzir a ansiedade… Ele passa poucas informações e deixa no final o contato de seu Instituto (ótima forma de fazer propaganda). Li o livro em um final de semana e fiquei friamente broxada. Ok, eu sou ansiosa, já sabia antes mesmo de ter o livro mas queria saber quais métodos me ajudariam a diminuí-la…

Este é um grande Best-Seller (como diz na capa) mas tenho dúvidas que esteja 100% explicado e entendido a quem leu.

Translate »