25.03.2015

RESENHA: Não há dia fácil

NAO_HA_DIA_FACILNão há dia fácil
Autor: Mark Owen
País: USA
Editora: Paralela
Mais informações: Skoob
Sinopse: Não Há Dia Fácil é um retrato da vida nas equipes do Seal e o único relato interno sobre a Operação Lança de Netuno, realizada em 1º de maio de 2011, que resultou na morte do terrorista Osama bin Laden.
Desde a pane no helicóptero Black Hawk – que quase fez com que a missão fosse abortada – até o comunicado pelo rádio via satélite confirmando que o alvo estava morto, a operação dos vinte e quatro homens na propriedade secreta de Bin Laden é recontada em mínimos detalhes.
Das ruas de Badgá ao resgate do capitão Richard Phillips no oceano Índico; das montanhas ao leste de Cabul ao terceiro andar do esconderijo de Osama bin Laden em Abbottabad, no Paquistão. Não há dia fácil coloca o leitor dentro de uma das mais surpreendentes tropas de elite do mundo.
Mark Owen, ex-membro do Grupo para o Desenvolvimento de Operações Especiais da Marinha dos Estados Unidos, mais conhecido como Equipe Seis do Seal, foi líder de uma das mais memoráveis operações especiais da história recente, assim como de inúmeras outras missões que nunca chegaram às manchetes.
Não há dia fácil põe o leitor além das linhas inimigas.

Não há dia fácil 2

Minhas impressões: Comprei o livro como quem não quer nada: estava passeando pela Livraria Cultura e a capa me chamou muito a atenção.
Mesmo lendo o relato de um combatente da Marinha não dá pra ter noção nem da metade do que esses caras passaram.

A emoção que ele passa por todo o livro é de acelerar o coração a cada página. Pra quem não entende muito bem de táticas, o livro conta com mapas explicando as que utilizaram; mostram equipamentos e por dentro de helicópteros.
Eles tratam muito de motivação durante o livro. Incentivando cada um que compõe a missão em dar o seu melhor.
Este é o único relato que temos de alguém que esteve por dentro do Grupo de Operações Especiais da Marinha dos Estados Unidos, o DEVGRU, mais conhecido como Seis do Seal e que narra a operação Lança de Neturo, que interceptou e matou Osama Bin Laden.

– “Por Deus e pelo país, transmito Gerônimo”, falou Jay. “Gerônimo E.K.I.A.”
Era a sigla, em inglês, para Gerônimo Inimigo Morto em Combate.

Não há dia fácil 1

E até mesmo, ainda tenho dúvidas se o pegaram de verdade.
Li algumas resenhas em que os haters do USA deram chilique falando que muitos dos que leêm viram partidários do tio Sam e que encaram os americanos como coitadinhos. Isso é coisa pra quem tem mente fraca. Quem lê o livro quer mesmo saber como foram os dias durante essa missão e ponto final. Nada de nacionalismo, pelo menos por minha parte.
É uma pena o cinema nos acostumar mal com batalhas épicas que não há tempo de respirar, que tudo é tão heroico e romantizado.

 

A leitura te prende do começo ao fim, obviamente que para isso aconteça, você tem que gostar de temas do tipo.
Gostei muito da narrativa ousada, porque acaba por contar táticas que e fatos que poderiam acabar arriscando até a segurança dos militares.

“Não se limite a estar vivo mas viva por um objetivo maior do que você. Seja útil para sua família, sua comunidade, seu país.”

Não há dia fácil 3

Esse sorteio será RÁPIDO! O Resultado sai dia 13/02, ás 08hs!

a Rafflecopter giveaway

É uma ótima leitura para esse ano!

  • Lari em 25.03.2015

    O assunto do livro me interessa, mas acho que estaria mais empolgada se fosse filme. Talvez seja até meio chato falar isso, mas sinto um receio de que a leitura possa se arrastar em alguns pontos, caso aprofunde muito em história ou até na técnica das táticas…. Será?

    E concordo com você, só os inocentes pendem pro lado dos EUA, mas entendo que é um pensamento tentador. Vivemos esse “desafio” constantemente nas histórias contadas pelo ponto de vista americano.

    Responder

  • Isabela Carapinheiro fevereiro 9th, 2016

    Pior que esse é um livro de leitura que prende, Lari.
    Ele tem uma narrativa bem gostosa e que te prende a cada página!

    Responder

  • Rubyane Santos em 25.03.2015

    Esse livro parece ser bem intenso. Nunca li nada nesse estilo mas deve ser uma experiencia interessante poder imaginar como foi que as coisas realmente aconteceram.

    beijo
    http://paperdream-s.blogspot.com.br/

    Responder

  • Isabela Carapinheiro fevereiro 18th, 2016

    Além de intenso, faz com que se sinta dentro da narrativa. É bem legal.

    Responder

  • jaci em 25.03.2015

    parece ser legal, bem diferente !!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro fevereiro 21st, 2016

    🙂

    Responder

  • Kerlsk em 25.03.2015

    “O único dia fácil foi ontem!” Adorei essa frase! E com ela percebe-se também o viés que você falou da motivação.
    Realmente deve ser incrível esse livro!
    Parabéns pela resenha!!!

    Ah! Te indiquei no meu BlogRoll http://www.conselhodaamiga.com/p/blogroll.html

    Beeeijos da amiga ♡ Kerlsk
    http://www.conselhodaamiga.com/
    @kerlsk

    Responder

  • Isabela Carapinheiro fevereiro 21st, 2016

    É um ótimo livro.
    Obrigada pelo carinho do Blogroll!

    Responder

  • Vanessa em 25.03.2015

    Esse livro parece inspirador e motivante!!!! Além disso é bom ter uma leitura em que se não consegue tirar os olhos do livro, né kkkk fiquei curiosa sobre ele!

    ❥Blog: http://www.amigadelicada.com

    Responder

  • Isabela Carapinheiro fevereiro 24th, 2016

    Quando a leitura é bem narrada, dá vontade de engolir o livro!

    Responder

  • Luana em 25.03.2015

    O livro parece ser bem interessante, apesar de não ler com frequência esse tipo.
    Mas adorei sua opinião sobre ele e fiquei bem curiosa para saber o que aconteceu naquele dia

    Responder

  • Isabela Carapinheiro fevereiro 24th, 2016

    Eu também não leio com frequencia mas valeu a pena!

    Responder

Translate »