30.03.2015

Vai ter blog, sim!!!!!!!!!!!11111

Eu queria começar aqui com um ‘Querido diário’ mas não combina muito comigo since ever.

Então a explicação do post é: gente, eu amo escrever, sei que muitas que estão na blogosfera também amam… Só que vocês não entendem como amo fazer isso! Já perceberam que TODO SANTO DIA tem postagem? E quando não tem, no dia seguinte já compenso?

Nunca repito ideia, cada dia acordo com uma novidade pra postar. Eu amo fazer isso!

Não consigo fazer uma organização de postagens tipo ‘segunda-feira será tal coisa, na terça essa outra…’ porque minha mente explode de informação o tempo todo.

O que consegui seguir o padrão é a crítica de filme ás terças, resenha de livros as quartas e agora que voltei com o canal no youtube, ás sextas.

Vai ter blog

Neste momento estou passando por ‘overthinking’ (excesso de pensamentos) por estar desempregada e procurando um rumo pra vida. Engraçado. Tenho tantas ideias e não consigo sair do lugar. Vai mundo, tá na hora de dar uma mãozinha!

E tem gente que acha que a blogosfera acabou com o excesso de pessoas fazendo posts sobre sua comida e looks do dia. Por favor, meus caros críticos! Vejo todo dia blogs com resenhas e pdf’s disponíveis! Aliás, esse foi o começo dos blogs sabiam? Compartilhar coisas. Diários, por exemplo.

Quando comecei, em 2007, mesmo tendo diários físicos, eu gostava de tratar meu drama com as teclas do computador. Virava madrugadas escrevendo offline para postar quando desse. Gostava de escrever textos românticos para meu primeiro namorado. Ah, como eu adorava! E assim foi só aumentando aquela sementinha que sempre tive dentro de mim: da escrita e leitura. Só que o blog sempre foi meu e só meu! Super hiper mega ultra pessoal! Ano passado que eu tive a ideia de criar algo aberto e bem, dai em diante vocês já conhecem.

Me proíbam de qualquer coisa mas não me digam que terei que imaginar e parar de escrever. Nunca. Por favor.

A blogosfera não acabou. Os livros não foram substituídos por pdf’s e só aguardo o dia que críticos renomados não sejam mais necessários: só nós blogueiras! Afinal ditamos a quantas anda a internet.

E se reclamarem, vai ter mais blogagem de desabafo ainda.

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook.

Translate »