52 álbuns em 52 semanas – (Janeiro/2016)

52 álbuns para escutar | A Bela, não a FeraTchanãnã… Chegou a hora de revelar os 4 primeiros artistas das 4 semanas de Janeiro do projeto 52 álbuns em 52 semanas!

1º Semana

Chet Flaker - Built on glass

Chet Flaker – Build on glass 

Ano: 2014 / Formação: Nicholas James Murphy (Chet Flaker)

Disco pai: MØ – No Mythologies to follow (esse álbum tem 1 mês de diferença e considero algo bem próximo)/ Disco Filho: Ainda não rolou algo tão bom para meu conhecimento

 TOP 3 HITS

TAG – Para quem gosta de:  #CorrernaPraia, #MorrerdeTédionoSofá, #Ácido, #StripTease

 Um carinha que eu estava conhecendo me indicou esse som que me causou um pouco de estranheza: não conheço muito desse estilo eletrônico de música, ainda mais Australiana. Confesso que viciei de primeira! Coloquei no IPod para escutar enquanto caminhava na praia. É uma vibe muito diferente da que estou acostumada a ouvir. Caiu como uma luva para meus dias de clima litorâneo. 00

2º Semana:

R.E.M - Automatic for the people

R.E.M – Automatic For The People

Ano: 1992 / Formação: Michael Stipe (voz), Mike Mills (teclado/baixo), Peter Buck (guitarra/bandolim), Bill Berry (percussão)

Disco pai: Smiths – The Smiths/ Disco Filho: Pavement – Terror Twilight

 TOP 3 HITS

TAG – Para quem gosta de: #EscreverSobreaMelancolia, #FicardePijama, #VerAChuvaNaJanela

 Sabe aquela semana de dúvida sobre tudo que está acontecendo em sua vida? Coincidiu com a semana que eu teria que escutar o Automatic for the people do R.E.M. E TO-DAS as vezes que Everybody hurts tocou no meu IPod, eu comecei a chorar. A letra é tão intensa, e eu já estava curtindo meu lado melancólico e introspectivo que me deixou com os sentimentos á flor da pele. Digo com certeza que essa música pode ter tocado no momento certo para muitos jovens e ter salvo a vida de cada um deles. “Não desista nem de si mesmo, pois todo mundo chora, e todo mundo sofre, ás vezes…”

Curiosidade: Kurt Cobain esteve ouvindo este álbum durante um período antes de cometer suicídio. De fato, a canção Everybody Hurts foi composta por Michael Stipe (com música de Bill Berry) como uma reação à onda epidêmica de suicídios entre pessoas jovens.

3º Semana:

Good Tiger - A head full of moonlight

Good Tiger – A Head Full of Moonlight

Ano: 2015 / Formação: Michael Stipe (voz), Mike Mills (teclado/baixo), Peter Buck (guitarra/bandolim), Bill Berry (percussão)

Disco pai: Of Mice and Man – The Flood/ Disco Filho: Ainda não deu tempo de sair desse som uma inspiração que eu tenha conhecido.

 TOP 3 HITS

TAG – Para quem gosta de: #JonnyCraig, #HouseParty, #PássarosMortos, #Emuladores

Meu amigo Dalmo que recomendou essa banda. Ele sempre teve gostos bem próximos aos meus e sempre foi mais a fundo procurando bandas. Fazia um tempinho que eu não escutava um metal progressivo. A música “Understanding the silence” fez com que eu lembrasse de uma música do Of Mice and Man chamada ‘When you can’t sleep at the night‘, que por sinal, embalou muitas de minhas noites de choro.  O álbum tem uma variação entre o metal com screamos (gritos) e músicas de calmaria.

4º Semana:

The Clash - The Clash The Clash – The Clash 

Ano: 1977 / Formação: Joe Strummer (vocal e guitarra), Mick Jones (guitarra), Paul Simonon (baixo), Terry Chimes (bateria)

Disco pai: The Stooges – Raw Power/ Disco Filho: Libertines – Up the Bracket

 TOP 3 HITS

TAG – Para quem gosta de: #Coturno, #Punk, #ProtestarPelosDireitos, #Inglaterra

✓ Punk rock do melhor! Quem gosta de Sex Pistols pode gostar de Clash mas as bandas se odiavam! HAHAH Como primeiro álbum, o The Clash conseguiu alcançar o público e ficou por um bom tempo na mente -tanto que até hoje, vemos pessoas com a camiseta deles por aí. Mesmo com seus quatro acordes, batidas rápidas e críticas políticas, podem passar mais 40 anos e esse álbum estará sempre no topo! “Policiais e ladrões nas ruas. Amedrontando a nação com suas armas e munição.”


Esses foram os quatro primeiros álbuns do projeto!

O projeto 52 álbum em 52 semanas serão sempre postados na última quinta-feira do mês, juntando os quatro álbuns! Se tiver alguma dúvida, dá uma olhada AQUI!

Para matar a curiosidade: Em Fevereiro teremos um pouco de gótico, banda nacional, blues e experimental!

E aí, o que acharam? Já conheciam essas bandas? Tem sua música preferida e gostaria de pedir para que eu escutasse-a com mais carinho? Falaí!

22 Replies to “52 álbuns em 52 semanas – (Janeiro/2016)”

  1. Você tem um ótimo gosto musical. Sou apaixonada por música e da sua lista, a minha banda favorita é a R.E.M! As músicas deles são viciantes, sei lá. hahaha
    Boa sorte com o projeto e já to ansiosa pra ver a lista de fevereiro *0*
    Beijinhos, viu? <33
    Livros, Amor e Mais

    Responder

  2. Isabela Carapinheiro Janeiro 31st, 2016

    Esse post foi uma sequencia de indicações de amigos, Joice. Vale a pena continuar vendo o projeto 😀

    Responder

  • Menina que arraso essa ideia. Faz muito tempo que não sei o que é ouvir um bom album.
    Acho que vou passar a participar desse projeto #sóacho
    assim a lista do 1001 discos para ouvir antes de morrer ficará menor :s
    Desses, só conhecia o R.E.M, vou conferir os outros.

    Responder

  • Isabela Carapinheiro Janeiro 31st, 2016

    Espero que goste das próximas postagens, Jess!

    Responder