15.03.2016

Resenha: Gothica

GOTHICA - gustave flaubertGothica

Autor: Gustave Flaubert
Ano: 2006
Editora:  Berlenis & Vertecchia Editores
Páginas: 126
Mais informações: Skoob (3,7)
Sinopse: Um Flaubert novo, quase desconhecido – jovem, exercita-se como narrador, cria personagens diabólicos, mas também profundamente humanos. Um Flaubert que brinca com a parafernália gótica, dando vazão a uma imaginação alucinada. Se o leitor busca bom entretenimento, ele encontrará aqui o frescor irônico de um gênero que sempre contou com um público fiel – pois a inspiração gótica adaptou-se à indústria cultural, passando dos livros e palcos às telas do cinema, à HQ e ao rock.Gothica - Gustave Flaubert - A Bela, não a FeraConfesso que demorei uma semana para ler esse livro. Não sei por que já que ele é curto e de contos rápidos. Sabe aquela leitura que vai travando? Então.

Muitas pessoas não conhece esse livro de contos escritos durante a adolescência por Gustave Flaubert mas conhecem sua maior obra: Madame Bovary. O escritor alemão é um dos mestres dos romances noir, frenético, ou gótico, gênero antigo.

Os cinco contos são de temática sombrias e cheios de frases de efeito.

Rola desde um bate papo com o demônio até uma pessoa sucumbindo aos poucos por causa do amor por livros.

O único conto que me identifiquei foi o Bibliomania, que conta a história de Giacomo, um livreiro. A frase de apresentação dele fez com que eu me identificasse muito! Bibliomania - Gustave Flaubert | A Bela, não a Fera

Ele era um homem muito feliz com todos esses livros; amava o cheiro, o formato, os títulos.  Giacomo sonhava em ter uma biblioteca sublime e divina como todos os reinos deveriam ter.

Em Barcelona, todo mundo achava-o estranho e infernal. Talvez um tipo de feiticeiro tudo isso por que ele mal sabia ler.

Nas últimas noites, ele mal dormia por que tinha um novo tesouro: um manuscrito.

Em uma certa manhã, um jovem estudante entrou em sua loja atrás de um livro que mudaria toda a continuidade da vida de Giacomo.

Como eu tenho a intenção que vocês procurem mais sobre esse conto, não vou contar o que acontece ;D

O frescor irônico da obra que ainda tem amantes por todo mundo é o que agrada nos contos rápidos. Como Flaubert escreveu esses contos durante a juventude, rolam alguns erros como no conto Sonho de Inferno, que o personagem Arthur passa de conde á duque em um pequeno espaço de tempo. Tudo culpa de sua falta de atenção.

  • Lua em 15.03.2016

    Fiquei curiosa pra saber o final da história, os contos ao que me parece, prende as pessoas mesmo.

    Responder

  • Adriana Leandro em 15.03.2016

    Eu não costumo ler contos, mas esse livro parece bem interessante. Fiquei até curiosa. Bjus!

    Responder

  • Luana em 15.03.2016

    confesso que li um outro livro de Flaubert pra faculdade e odiei! 😡
    esse parece ser bem diferente do que li! 😀

    xoxo
    Guria do Século Passado

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 18th, 2016

    Leu o Madame Bovary? 😮

    Responder

  • Dai Castro em 15.03.2016

    Faz tempo que não leio um livro com vários contos, o meu ultimo foi coisas frágeis do Neil Gaiman <3 Achei legal o tema mais sombrio de Gothica, também me identifiquei com o conto que você destacou, será que me identificaria com algum outro conto? Estou curiosa… 😉 Beijos!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 18th, 2016

    Tô precisada de ler Neil Gaiman :p

    Responder

  • ERYCA SILVA em 15.03.2016

    Não conhecia o livro achei interessante!

    bjss♥

    http://www.blogsunshinee.com

    Responder

  • Ryokobel em 15.03.2016

    Oi Isabela, tudo bem contigo ???
    Tenho que confessar que nunca li nenhum dos livros do autor, mas pretendo mudar essa minha situação em breve pois tenho Madame Bovary aqui em casa e assim que conseguir me organizar com as várias (muitas, infinitas) leituras que tenho para ler, vou conferir esse livro !!!
    Não conhecia Gothica, mas gostei bastante por se tratar de um livro de contos. Adoro livro de contos, mas fiquei um pouco com o pé atrás por saber que a sua leitura travou um tico … Foi por causa da escrita flor ?! Quero saber o que me aguarda !!! ^^

    Beijinhos
    Hear the Bells

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 30th, 2016

    Essa nossa mania de ter mais livros do que tempo tá foda. HSIUHASUIHAUISH
    Acho que a leitura deu uma certa travada por causa de uma escrita muito enrolada D:

    Responder

  • Beatriz em 15.03.2016

    Olá tudo bem?
    Obrigada pela visita.
    Saber escolher a cor certa para o ambiente é muito importante.
    Acredito essa são as cores do seu blog, kkk.
    Gostei do post o livro parece ser interessante, me lembrou que estou precisando ler um livro.
    beijos!!
    http://bemcandy.blogspot.com.br

    Responder

  • Barbara em 15.03.2016

    Sem dúvidas vou procurar esse! Eu li o Madame Bovary recentemente pra faculdade, e nossa, acho que to traumatizada! hahahahha O livro é ótimo mas falamos tanto sobre ele que não aguento mais! Vai ser legal conhecer outra obra do autor 😀

    Responder

  • Isabela Carapinheiro maio 11th, 2016

    Eu pulei a etapa de ler Madame Bovary porque fizemos um resumão de tudo.

    Responder

Translate »