09.03.2016

Resenha: Tudo ou Nada

Tudo ou nada - Shinyashiki

Tudo ou Nada

Autor: Roberto Shinyashiki
Ano: 2006
Editora: Gente
Páginas: 142
Mais informações: Skoob (3,6)
Sinopse: Um livro para você criar coragem e mergulhar nos chamados da vida… 
Um alerta para quem deseja construir sua história do jeito que sempre sonhou, mas nunca realizou…
Será que nossos desejos mais ousados são realmente impossíveis de alcançar? Você tem certeza que já tentou todos os caminhos para sua realização? Qual foi a última vez que você se permitiu tomar as rédeas da sua vida? Tudo ou nada - Roberto ShinyashikiEsse é mais um daqueles livros auto ajuda que vocês nunca me imaginariam lendo ( já postei sobre o livro Vivendo Felizes Para Sempre). Acabo sempre por ler essa temática por precisar de uns empurrões de incentivo. Quem não precisa?

A cada capítulo, uma frase motivacional de grandes nomes da história.

” Quando seguir pelo caminho da vida, você verá um grande abismo. Pule. Ele não é tão grande quanto você pensa.” – Joseph Campbell

Sempre temos uma desculpa – ou várias – para começar a viver mas o tempo não espera ninguém.

Não espera que termine a faculdade. Não espera que perca 5 quilos. Não espera que tenha condições para casar. Não espera que tenha filhos. Não espera que crie os filhos. Não espera que consiga o divórcio. Não espera que compre uma casa própria. Não espera chegue a aposentadoria. Não espera que faça sucesso na internet.

O autor narra histórias, mesmo sendo um assunto clichê, para o entendimento de como se libertar de certos relacionamentos – com outras pessoas e consigo mesmo – que causam mal estar na vida e te atrasam sempre.

Com o livro Tudo ou nada, percebi que quanto mais escrevo e falo sobre o assunto do ‘deixa pra mais tarde’ e da depressão mais claro se torna. Muitas vezes duvido da minha capacidade mas pessoas que tenho por perto, me ajudam com palavras que minha mente não reconhecem, que não aceitam que sejam adjetivos que se encaixem em minha vida.

Metas são fundamentais para realizar objetivos de vida mas também são perigosas para a nossa felicidade, com o livro percebi que na minha atual situação, eu tenho que me impor metas diárias, já que em alguns dias, não consigo realizar coisas muito produtivas.

O importante é que nos mantenhamos felizes durante todo o momento da jornada dessa vida.

A frase do meu querido John Lennon sintetiza o que muitas vezes deixo de experimentar:

” Vida é o que acontece enquanto você faz planos.” 

E o livro eu deixarei no banco do metrô na minha próxima viagem.

  • Juliana em 09.03.2016

    Eu costumava ter um certo preconceito com livros de auto-ajuda, mas não tenho mais. Não li muitos ainda, mas acho que às vezes eles são importantes para nos ajudar em determinado momento.
    Também estou em uma fase onde empurrões de incentivo são bem-vindos. Gostei da resenha e depois vou procurar o livro! Quem sabe ele me ajuda de alguma forma.

    Beijos!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Acho que todo mundo tem um certo preconceito tanto com auto ajuda como com conselhos de amigos, o que são as mesmas coisas.

    Responder

  • Grazi em 09.03.2016

    nossa, eu preciso ler esse livro! quase sempre preciso de um empurrão sabe? rs
    eu não conhecia mas parece ser mt bom!

    Responder

  • Lua em 09.03.2016

    Adoro esses livros que razem uma mensagem de desapego, dessas coisas que ás vezes são tóxicas e nem percebemos que nós mesmos a cultivamos ^^

    Responder

  • Adriana Leandro em 09.03.2016

    Adoro livros de auto ajuda. Eles me inspiração e me fazem mudar algo. É uma pena que não irei pegar o metrô para pegar o livro. Bjus!

    Responder

  • Lorraine Faria em 09.03.2016

    menina, e é isso mesmo. quantas vezes a gente vai adiando, adiando as coisas, pra depois perceber o tanto de tempo que a gente perde na vida…

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Adiando e adiando até que passou o timming :/

    Responder

  • Miguel em 09.03.2016

    Ora essa minha querida! É com todo o gosto que o faço, acredita 😀

    Adoro este género de livros que retratam temas tão atuais e que nos fazem olhar a vida de uma outra maneira. Sinto muita necessidade de ler livros de auto-ajuda! Manda-me 😛

    NEW TREND ALERT POST | Denim with Patches
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me 😀

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Mandarei um para você, meu amigo <3

    Responder

  • Lilian Moraes em 09.03.2016

    Sabe que eu tinha meio que preconceito de livros meio de auto-ajuda? Mas depois que li os livros do Dale Carnigie, que são mais voltados para negócios, mas de auto-ajuda, eu mudei completamente meu jeito de pensar em relação a esses livros.
    Sua indicação parece ser ótima, comprei (ainda não chegou) “Coisas bem legais para ser muito feliz”, já leu? Estou ansiosa para ver como vai ser ^^.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Acho que todos temos. Até mesmo quando são auto ajuda para o campo executivo.
    Não conhecia esse livro e já dei uma procurada! Quero ver o que falará sobre quando fizer a resenha!

    Responder

  • Adriel Christian em 09.03.2016

    oi, oi.

    confesso que não sou muito fã de livro de auto-ajuda, mas quando eles realmente me ajudam ou têm histórias interessantes, já vou logo comprando e devorando de uma vez. pelo o que tu disse, o livro do Roberto parece ser bem bom e da forma que eu gosto: leve, mas com muitos socos na cara da gente. vou procurar ele…

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Vale muito a pena, amigo.

    Responder

  • Váh em 09.03.2016

    Eu também mesmo sem querer, claro, duvido da minha capacidade e volte e meia acabo me colocando pra baixo. Isso é péssimo, é horrível 🙁
    Mesmo tentando melhorar é sempre bom ler um livro assim, ou mesmo uma frase como essa ”vida é o que acontece enquanto você faz planos” já ajuda, e muito!
    Adorei o livro, fiquei com vontade de ler.

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Por isso uma dose de auto ajuda, sempre faz com que lembremos de parar de nos auto sabotar.

    Responder

  • Carol Garcia em 09.03.2016

    Bella, Bella… Você e esses livros…

    A cada resenha que vocês faz eu fico com mais vontade de ler tudo o que você posta menina!!

    Fico sem palavras de verdade!!

    E eu me encaixo muita vezes no classico: ah deixa pra mais tarde!!!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Awm, obrigada pelo carinho <3

    Responder

  • Thay em 09.03.2016

    Parece ser um livro bem interessante, e olha que não sou muito de ler autoajuda. Tua resenha me deixou curiosa e gostei ainda mais do fato de que você passará o livro adiante, deixando-o no banco do metrô! Não sei se conseguiria fazer o mesmo, haha, amo meus livrinhos. <3

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Eu tô num momento desapego da vida. E dar livros, é uma coisa que não se nega <3

    Responder

  • Juliana em 09.03.2016

    Oi Isa!
    Que ótima indicação em um ótimo momento. A mudança de 2015 e 2016 me fez acordar para a vida, eu passei 2015 inteiro esperando coisas acontecerem e nada aconteceu, senti que perdi totalmente um ano da minha vida. Então comecei 2016 revolucionando, mas ainda estou receosa em algumas coisas. COm certeza é um livro que me ajudará!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Espero que todos os livros motivacionais que pulem nesse 2016 na sua vida, te ajudem!
    Beijos, Ju.

    Responder

  • Bárbara Almeida em 09.03.2016

    Vou ser sincera, EU AMOOOOOOOOOO esses livros de auto-ajuda HAHAHAH.
    Sério, eles me motivam de uma maneira. Sem dúvida eu quero ler, até porque já concordei totalmente com o que o autor diz. O tempo não nos espera!!!!!!!

    Beijos, Love is Colorful

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Tipo ‘PRONTO FALEI’ AHSUIAHSUIHUAIHSUIH
    Muito bom, Barbara!

    Responder

  • Marilda Blasse em 09.03.2016

    Isabela, sempre que posso entro aqui, gosto dos seus osts, do que vc compartilha, enfim…Não sou fã de livros de auto ajuda, acho clichê demais, e também, acho que no fundo, bem la no fundo, todo mundo sabe onde mora a sua felicidade, ou os momentos felizes ja que também acho que este estado não é um estado na integra e sim de particulas, se é que entende, mas so o titulo deste e sua resenha ja fiquei super interessada, gostaria de pegar o metro depois de vc e ser a presenteada…………….. bjucas

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Awm, obrigada pelo carinho, Marilda!
    Queria que conseguisse o livro também!

    Responder

  • Franci em 09.03.2016

    Adorei sua resenha! Quando começo a ler e pensar sobre a vida e se estou no caminho que quero seguir, me dá um vontadezinha de fugir de tudo. Hehe

    Digamos que pra mim, esse não seria o momento atual para lê-lo. Mesmo que a vida esteja acontecendo, esse ano resolvi focar nos planos, para que o próximo seja melhor, se ele chegar.

    Adorei seu blog! Grande beijo, Fran.
    http://www.delirioscotidianos.com

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Tudo tem sua hora, Fran!

    Responder

  • Chell em 09.03.2016

    Toda vez que q leio livros assim desespero e a ansiedade dispara. =O

    Responder

  • Danielle S. em 09.03.2016

    Muito legal a resenha, achei bem interessante a proposta do livro. Adoro fazer metas para a minha vida, acredito que elas são importantes para que possamos seguir um caminho nas nossas vidas. É claro que não se deve programar cada coisinha (é bem o que a frase do John Lennon diz né), porque nunca nada sai como o esperado, mas você ter aquela meta final é muito importante para saber para onde sua vida está indo e sempre pensar se o que você está fazendo te levará até lá.
    E achei muito legal que você vá deixar o livro no metrô! Uma vez encontrei um livro deixado no banco do pátio da minha escola e achei bem interessante a história de “livro viajante” 🙂

    Um beijo! ♥

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 13th, 2016

    Espero conseguir deixar muitos livros pelo metrô <3

    Responder

  • Luana Mendes em 09.03.2016

    Que legal adoreii a resenha deu vontade de ler!
    Mas já to atolada dos livros da facu 🙁
    Bjs
    http://coffecomaszamigas.blogspot.com.br/

    Responder

  • Stephanie Ferreira em 09.03.2016

    Quero ler! Alias, vai ser o próximo livro que vou ler. Quero ler algo de auto-ajuda, está no meu desafio literário pessoal.
    Depois que passei a impor metas diárias, meu rendimento melhorou muito e concordo que metas podem ser perigosas tanto quanto são boas. Ótima resenha Bela, beijão

    Responder

  • Isabela Carapinheiro março 18th, 2016

    Auto ajuda é bom pra quem tá de peito aberto pra receber conselhos, como você \o\

    Responder

Translate »