Um café, um olhar e uma piração

restaurant-man-person-coffee

Sai decidida em sentar em um café e ter algumas ideias sobre o que escrever, além de experimentar algo novo para agradar meu paladar.. Evitei postar sobre isso em qualquer rede social com medo de ser perseguida por algum estranho.

Caminhei lentamente até o shopping e entrei na fila da cafeteria badalada do momento. Em um dos balcões tinha um senhor que, aparentemente, só eu tinha notado. Ele mexia seu café com o palito de madeira em uma calma agonizante.

Enquanto a fila andava vagarosamente, eu continuava a encará-lo, já que ele não desviava o olhar da passarela á frente. Era muito estranho não conseguir saber se ele esperava por alguém ou se estava apenas pensando em esfriar seu café.

Fiz meu pedido rapidamente, esquecendo do programado em ‘pedir algo novo‘ e inquieta, sentei-me atrás dele para continuar analisando-o.

Eu já estava na metade da minha bebida quando ele tomou seu primeiro gole, que de tanto mexer já deveria estar gelada por causa do ar condicionado do ambiente. Ele não tinha um notebook, celular ou tablet em mãos. Nem uma bolsa ou sacola.

Meia hora depois, comecei a me sentir incomodada com a pessoa que estava ali apenas bebendo seu café e que eu não conseguia entender nem decifrar. O que eu posso fazer se ele parecia um maldito maniaco?! Quem nos dias de hoje não tem em mãos nenhum item moderno, companhia ou um livro?!

Cerrei os olhos na direção daquele senhor quando ele levantava-se e abraçava uma garotinha pequeninha e uma senhora que a acompanhava. Manejei a cabeça negativamente e dei risada de mim mesma.

Usei quase quarenta minutos analisando um senhor como se ele fosse um louco mas quem na verdade estava pirada era eu.

642 coisas para escrever sobre

#81. Vá a um café e assista de perto duas pessoas interagindo. Em seguida, escreva sobre isso.

642 coisas sobre as quais escrever é um desafio que foi criado em 24h por 35 escritores, que se juntaram para formar o grupo The Grotto em São Francisco. A intenção era juntar mais e mais escritores, formando uma conexão de inspiração.

Os desafios podem ser feitos na ordem, ou escolhidos aleatoriamente. Como sou maluquinha e não conseguirei seguir ordem e fazê-los todos os dias, cada vez escolherei um número.

Quem quiser ver os itens, só dar uma olhadinha no meu Listography!

21 Replies to “Um café, um olhar e uma piração”

  1. OI BELA

    gostei do seu post ter sido fruto de um projeto (aliás, eu sempre adoro esses projetos, mas nunca consigo me engajar realmente em um. Sempre perco o foco, esqueço e deixo pra lá). Ir pra locais públicos e observar pessoas é um dos meus passatempos favoritos. Geralmente eu saio sozinha e fico olhando todo mundo, ou tomando café sem ninguém por perto, então eu que devo pirar as pessoas e causar o que o senhor causou em você.
    A interação humana é muito interessante. As vezes, dai que surgem boa parte dos meus posts 😀

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    Responder

  2. Isabela Carapinheiro Abril 28th, 2016

    Eu nunca consigo me fixar em um projeto, tanto que os de escrita, participo de dois! HAHAHAHA ALOKA
    Ás vezes, entro numa pira de que enquanto estou observando as pessoas, alguém está me observando também! HHAHAHAHA

    Responder

  • Adoorei a ideia deles, e cara, realmente, se a gente se sentar e observar um pouco as pessoas, vamos ver coisas incríveis. Confesso que nunca fiz isso, mas caraca, fiquei com vontade.

    Beijos, Love is Colorful

    Responder

  • Texto maravilhoso eu vou fazer isso amei o concelho vou um café
    e vou fazer um texto sobre essas personagem.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal: https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    Responder

  • Enquanto lia viajei em meus pensamento e devaneios e achei que iria abordar aquele senhor com uma conversa qualquer para tentar descobrir o que ele fazia ali parado por tanto tempo, rsrs…Que ideia bacana, o desafio tem temas muito legais!
    Bjs❤
    Abrir Janela

    Responder

  • Isabela Carapinheiro Abril 28th, 2016

    Mais legal do meu texto é que você pode dar uma continuidade mental para ele! <3

    Responder