Os Prós e Contras de ter um Blog

Talvez vocês tenham notado que a quantidade de posts aqui no A Bela, não a Fera reduziu drasticamente. Pra quem não notou, pois é, não estou mais postando praticamente todo dia.

Tenho tirado um tempo maior do meu dia estudando coisas legais pra trazer pro blog e pro canal do Youtube porque não consigo mais me ver na posição de sentar para escrever um post e perceber que escrevi sobre a mesma coisa que mais ou menos cem blogueiras já fizeram. Síndrome do não quero ser como as outras? Sim!

Com uma grande razão para isso: quando criei esse blog, a intenção era- e continua sendo- mostrar quem eu sou e como funciona tudo em minha vida. E bem sei que não tenho uma vida muito parecida com a da maioria das pessoas, since ever.

Algumas semanas atrás, meu cérebro deu um BOOM avaliando as postagens que tenho aqui e vi que estava seguindo o FLOW da maioria das blogueiras que sigo e escrevendo sobre as mesmas coisas.

Tirei uma tarde para fazer uma lista sobre os Prós e Contras de ter um blog para ter certeza se deveria continuar levando como um hobby escrevo-quando-quiser ou se voltaria para as raízes.Prós e contras de ter um blog | A Bela, não a Fera

Prós de ter um blog

  • Tenho uma necessidade de escrever e criar coisas o tempo todo. Quando isso acontece, recorro ao papel e caneta, e ao blog. Ao postar no blog, penso que mais pessoas podem estar passando pela mesma coisa e gostariam de ouvir palavras acolhedoras 💓;
  • Amizades online são tudo de bom! Melhor ainda para quem está bem longe do seu país/amigos e se vê com certa dificuldade de interação com nativos, como eu. Nos dois anos de blog, conheci algumas meninas super amor e que considero PAKAS. Outras, comecei a ter maior contato depois que deixei o Brasil e acabo conversando praticamente todo dia. E quer saber? Eu realmente preciso delas na minha vida 💓;
  • Quem não ama receber elogios? Tipo quando você recebe uma inbox do amor, elogiando um post seu e falando que se identificou com o que escreveu ou um comentário no seu vídeo do Youtube, falando que passou/passa pela mesma coisa e não sabia como agir;
  • Se aprofundar em temas que você nunca imaginaria pesquisando só para trazer melhores palavras e pensamentos pro seu dia a dia. Como sou uma curiosa, estudar pra mim é a maior satisfação! Vocês nem imaginam quantas abas meu navegador consegue suportar com as linkagens de um texto para outro 😅😅😅;
  • Ser ouvida! Quando digo que sou muito fora da caixinha, é porque vocês não imaginam o quão diferente da maré que sou. Todo mundo tá pintando o cabelo de ruivo e eu estou jogando o preto azulado. Toda garota blogueira é Gamer que posta fotos em que cria a composição da imagem, enquanto eu estou realmente jogando vídeo game. Enquanto algumas feministas (semfuckinggeneralização) lutam para ter mais liberdade de colorir os pelos pubianos, eu quero ficar em casa cozinhando o almoço pro meu noivo. Com o excesso de informação que temos hoje na internet, fica confuso saber o que realmente acreditamos. E com a maioria pensando da mesma forma foi o motivo de que os Cosmos me colocou aqui para dar aquela remexida nas coisas. 😁
  • Auto-Conhecimento. A Bela que começou o blog em 2014 não existe mais. A Bela de setembro de 2016 não será a mesma em 2017. E o que o auto-conhecimento tem a ver com isso? Melhorias para o eu e assim, mudanças. 💓

Prós e contras de ter um blog | A Bela, não a Fera

Contras de ter um blog

  • Mesmo que eu tenha essa necessidade de escrever o tempo todo, algumas vezes, posso não ter absolutamente nada a dizer e quem segue o blog sedento por novidades, acaba ficando na mão sem novos posts;
  • Tudo que você disser, pode e será usado contra você” – acredite, a bloguesfera é um lugar em que pessoas pensam que você não pode mudar nunca de opinião e que, caso mude com o andamento de sua vida, você é falsa e perde o carinho dos seguidores que não entendem que AS PESSOAS MUDAM! 🌜🌚🌛🌝
  • Eu não ligo para anônimos mas muitas pessoas entram numa bad, a cada comentário maldoso de serzinhos que se acham os Superman da internet mas não colocam a cara a tapa. . Acredito que se você não aguenta críticas, mesmo quando construtivas, esse negócio de ser uma pessoa pública não seja para a sua pessoa.
  • Tirar fotos de tudo. Tô numa fase tão desapegada do celular e da câmera, que ambos acabam ficando de lado e quando percebo, tenho que fotografar isso ou aquilo e acabo tirando o dia para fotografar várias coisas e salvar imagens para possíveis posts. Tem quem goste de fazer isso, sem julgamentos 😌;
  • Promover posts é #01sacosemfundo. Confesso que não tenho paciência. Uma vez por semana vou em grupos do facebook para trocar ideia e deixar meus links em tópicos de divulgação, assim como no Google+ Comunidades mas sei que quem chega até o blog, vem por outros meios, como busca pelo Google.

-E aí, Bela, você tem mais prós ou contras de ter um blog?

Hoje, tenho mais prós do que contras mas pode ser que semana que vem, encontre mais contras e deseje jogar tudo pro alto. Caracterizando o meu eu, essa metamorfose ambulante.

Você tem algum pró ou contra de diferente opinião da minha? Conta pra mim! Adoro conhecer melhor a mente das pessoas 😍

38 Replies to “Os Prós e Contras de ter um Blog”

  1. Oi Bela, tudo bem? Eu gostei muito da sua postagem. Também vejo mais prós do que contras em ter um blog! A questão de amadurecimento é uma das minhas preferidas, pois eu criei meu blog em 2008, e obviamente que meu eu atual de 22 anos é bem diferente de quando eu tinha 14 anos. E o blog deixa registrado, para você perceber suas mudanças ao longo do tempo. Acho isso tão bom! Eu fiquei um tempo parada, mas antes disso fiz amizades virtuais ótimas que até hoje ainda converso. Voltei esse ano e novamente fiz amizades virtuais maravilhosas <3
    Enfim, parabéns pelo post. E pela atitude de se propor a criar conteúdo diferente. 🙂
    Um beijo.
    http://www.janeladesorrisos.com

    Responder

  2. Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Eu sempre tive aquela nostalgia de pegar diários antigos e ler, ainda o faço quando tenho tempo. E agora, a mesma coisa com o blog! Volto lá pro comecinho, em 2014 e vejo pelo que passei e o que desejava <3
    Obrigada pelo carinho Thaís.

    Responder

  • Bela te acompanho acho que a um ano, e gosto do que leio, mesmo que as vezes vc tenha feito post similar ao da maioria de blogueiras, assim como vc qdo comecei meu blog era com uma intenção, ele tem so um ano e pouquinho mas ja mudei tanto a forma, os assuntos, que as vezes me assusto com as mudanças tão repentinas que parte de mim mesmo. O meu também era para falar um pouco sobre mim, até que um dia, pensei: ”mas quem quer saber sobre minha vida?”, e ai meio que mudei o rumo, mas ai fico entre isso e aquilo, tudo ou nada, como você tenho necessidade de escrever sobre tantas coisas, assuntos desconexos, pequenos contos, enfim, preciso ter so uma válvula de escape onde eu possa colocar meus sentimentos do momento, sejam eles falando sobre mim, minhas experiencias, seja falando sobre o tempo, seja falando sobre musica, seja falando o que quer que seja, acho que o importante é a gente se comunicar com o mundo, com as pessoas, porque no fundo de um jeito ou de outro, sempre vai ter alguém que vai gostar do que esta lendo seja ai com vc, ou seja la comigo….No fundo , no fundo, acho que a gente tem mesmo que fazer algo que nos faça nos sentir bem , não é?! bjucas pra vc!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Essas mudanças repentinas são assustadoras e ao mesmo tempo fascinantes, não é?
    Obrigada pelo carinho, Marilda!

    Responder