22.09.2016

Os Prós e Contras de ter um Blog

Talvez vocês tenham notado que a quantidade de posts aqui no A Bela, não a Fera reduziu drasticamente. Pra quem não notou, pois é, não estou mais postando praticamente todo dia.

Tenho tirado um tempo maior do meu dia estudando coisas legais pra trazer pro blog e pro canal do Youtube porque não consigo mais me ver na posição de sentar para escrever um post e perceber que escrevi sobre a mesma coisa que mais ou menos cem blogueiras já fizeram. Síndrome do não quero ser como as outras? Sim!

Com uma grande razão para isso: quando criei esse blog, a intenção era- e continua sendo- mostrar quem eu sou e como funciona tudo em minha vida. E bem sei que não tenho uma vida muito parecida com a da maioria das pessoas, since ever.

Algumas semanas atrás, meu cérebro deu um BOOM avaliando as postagens que tenho aqui e vi que estava seguindo o FLOW da maioria das blogueiras que sigo e escrevendo sobre as mesmas coisas.

Tirei uma tarde para fazer uma lista sobre os Prós e Contras de ter um blog para ter certeza se deveria continuar levando como um hobby escrevo-quando-quiser ou se voltaria para as raízes.Prós e contras de ter um blog | A Bela, não a Fera

Prós de ter um blog

  • Tenho uma necessidade de escrever e criar coisas o tempo todo. Quando isso acontece, recorro ao papel e caneta, e ao blog. Ao postar no blog, penso que mais pessoas podem estar passando pela mesma coisa e gostariam de ouvir palavras acolhedoras 💓;
  • Amizades online são tudo de bom! Melhor ainda para quem está bem longe do seu país/amigos e se vê com certa dificuldade de interação com nativos, como eu. Nos dois anos de blog, conheci algumas meninas super amor e que considero PAKAS. Outras, comecei a ter maior contato depois que deixei o Brasil e acabo conversando praticamente todo dia. E quer saber? Eu realmente preciso delas na minha vida 💓;
  • Quem não ama receber elogios? Tipo quando você recebe uma inbox do amor, elogiando um post seu e falando que se identificou com o que escreveu ou um comentário no seu vídeo do Youtube, falando que passou/passa pela mesma coisa e não sabia como agir;
  • Se aprofundar em temas que você nunca imaginaria pesquisando só para trazer melhores palavras e pensamentos pro seu dia a dia. Como sou uma curiosa, estudar pra mim é a maior satisfação! Vocês nem imaginam quantas abas meu navegador consegue suportar com as linkagens de um texto para outro 😅😅😅;
  • Ser ouvida! Quando digo que sou muito fora da caixinha, é porque vocês não imaginam o quão diferente da maré que sou. Todo mundo tá pintando o cabelo de ruivo e eu estou jogando o preto azulado. Toda garota blogueira é Gamer que posta fotos em que cria a composição da imagem, enquanto eu estou realmente jogando vídeo game. Enquanto algumas feministas (semfuckinggeneralização) lutam para ter mais liberdade de colorir os pelos pubianos, eu quero ficar em casa cozinhando o almoço pro meu noivo. Com o excesso de informação que temos hoje na internet, fica confuso saber o que realmente acreditamos. E com a maioria pensando da mesma forma foi o motivo de que os Cosmos me colocou aqui para dar aquela remexida nas coisas. 😁
  • Auto-Conhecimento. A Bela que começou o blog em 2014 não existe mais. A Bela de setembro de 2016 não será a mesma em 2017. E o que o auto-conhecimento tem a ver com isso? Melhorias para o eu e assim, mudanças. 💓

Prós e contras de ter um blog | A Bela, não a Fera

Contras de ter um blog

  • Mesmo que eu tenha essa necessidade de escrever o tempo todo, algumas vezes, posso não ter absolutamente nada a dizer e quem segue o blog sedento por novidades, acaba ficando na mão sem novos posts;
  • Tudo que você disser, pode e será usado contra você” – acredite, a bloguesfera é um lugar em que pessoas pensam que você não pode mudar nunca de opinião e que, caso mude com o andamento de sua vida, você é falsa e perde o carinho dos seguidores que não entendem que AS PESSOAS MUDAM! 🌜🌚🌛🌝
  • Eu não ligo para anônimos mas muitas pessoas entram numa bad, a cada comentário maldoso de serzinhos que se acham os Superman da internet mas não colocam a cara a tapa. . Acredito que se você não aguenta críticas, mesmo quando construtivas, esse negócio de ser uma pessoa pública não seja para a sua pessoa.
  • Tirar fotos de tudo. Tô numa fase tão desapegada do celular e da câmera, que ambos acabam ficando de lado e quando percebo, tenho que fotografar isso ou aquilo e acabo tirando o dia para fotografar várias coisas e salvar imagens para possíveis posts. Tem quem goste de fazer isso, sem julgamentos 😌;
  • Promover posts é #01sacosemfundo. Confesso que não tenho paciência. Uma vez por semana vou em grupos do facebook para trocar ideia e deixar meus links em tópicos de divulgação, assim como no Google+ Comunidades mas sei que quem chega até o blog, vem por outros meios, como busca pelo Google.

-E aí, Bela, você tem mais prós ou contras de ter um blog?

Hoje, tenho mais prós do que contras mas pode ser que semana que vem, encontre mais contras e deseje jogar tudo pro alto. Caracterizando o meu eu, essa metamorfose ambulante.

Você tem algum pró ou contra de diferente opinião da minha? Conta pra mim! Adoro conhecer melhor a mente das pessoas 😍

  • Thaís em 22.09.2016

    Oi Bela, tudo bem? Eu gostei muito da sua postagem. Também vejo mais prós do que contras em ter um blog! A questão de amadurecimento é uma das minhas preferidas, pois eu criei meu blog em 2008, e obviamente que meu eu atual de 22 anos é bem diferente de quando eu tinha 14 anos. E o blog deixa registrado, para você perceber suas mudanças ao longo do tempo. Acho isso tão bom! Eu fiquei um tempo parada, mas antes disso fiz amizades virtuais ótimas que até hoje ainda converso. Voltei esse ano e novamente fiz amizades virtuais maravilhosas <3
    Enfim, parabéns pelo post. E pela atitude de se propor a criar conteúdo diferente. 🙂
    Um beijo.
    http://www.janeladesorrisos.com

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Eu sempre tive aquela nostalgia de pegar diários antigos e ler, ainda o faço quando tenho tempo. E agora, a mesma coisa com o blog! Volto lá pro comecinho, em 2014 e vejo pelo que passei e o que desejava <3
    Obrigada pelo carinho Thaís.

    Responder

  • Marilda Blasse em 22.09.2016

    Bela te acompanho acho que a um ano, e gosto do que leio, mesmo que as vezes vc tenha feito post similar ao da maioria de blogueiras, assim como vc qdo comecei meu blog era com uma intenção, ele tem so um ano e pouquinho mas ja mudei tanto a forma, os assuntos, que as vezes me assusto com as mudanças tão repentinas que parte de mim mesmo. O meu também era para falar um pouco sobre mim, até que um dia, pensei: ”mas quem quer saber sobre minha vida?”, e ai meio que mudei o rumo, mas ai fico entre isso e aquilo, tudo ou nada, como você tenho necessidade de escrever sobre tantas coisas, assuntos desconexos, pequenos contos, enfim, preciso ter so uma válvula de escape onde eu possa colocar meus sentimentos do momento, sejam eles falando sobre mim, minhas experiencias, seja falando sobre o tempo, seja falando sobre musica, seja falando o que quer que seja, acho que o importante é a gente se comunicar com o mundo, com as pessoas, porque no fundo de um jeito ou de outro, sempre vai ter alguém que vai gostar do que esta lendo seja ai com vc, ou seja la comigo….No fundo , no fundo, acho que a gente tem mesmo que fazer algo que nos faça nos sentir bem , não é?! bjucas pra vc!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Essas mudanças repentinas são assustadoras e ao mesmo tempo fascinantes, não é?
    Obrigada pelo carinho, Marilda!

    Responder

  • Magda Carvalho em 22.09.2016

    Bom post bastante útil
    http://retromaggie.blogspot.com/

    Responder

  • Paula Araujos em 22.09.2016

    Nossa, Isabela! esse post de hoje é bem o que eu também estou vivendo esses dias… Sabe aquela desolação que cai sobre a gente e nos faz querer seguir numa evolução mais rápida e constante? não consigo mais escrever sempre que as palavras surgem. De fato, elas veem e vão, mas não tenho mais tempo para me dedicar, e, quando percebo que o que escrevo não desperta muito interesse, acabo desanimando… Diferente de ti, que iniciou escrevendo sobre determinados assuntos e outros seguiram fazendo o mesmo, fico buscando temas mais distintos, contudo, que tenha maior impacto sobre os que leem…

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Eu conheci seu blog com o texto sobre a Escola sem partido e acredite, seu ponto de vista ajuda aos que lêem e ainda não tem uma posição sobre os fatos.
    Você tem potencial para ajudar as pessoas á verem coisas que nem todas as blogueiras estão a fim de escrever.

    Responder

  • Paula Reggiori em 22.09.2016

    Me identifiquei demais com o seu post… Ainda não fiz amizades por causa do blog, só tenho crush de amizade (existe na minha cabeça, tá?), mas o resto concordo 100%

    Eu odeio divulgar, eu odeio ter a obrigação de documentar tudo na minha e eu ODEIO fazer post da mesma coisa.. Se eu já li 2 post iguais na minha semana, já começo a ter preguiça de ler mais…
    Vejo acontecendo sempre e é um saco x.x

    Um beijo,
    Foca no Glitter

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Aike linda. Saiba que você é um crush de amizade minha, tá? HSUHAIUSHUAIHUSH

    Responder

  • Bianca em 22.09.2016

    Eu também diminui o ritmo de postagens no meu blog, não estou tendo muita disposição pra postar ultimamente. Concordo com seus prós e contras, principalmente a parte das amizades, conheci tanta gente legal nesse tempo! Eu também não tenho muita paciência para tirar fotos, meu instagram tá abandonado hehe.
    Beijos

    Responder

  • Rafael Campos em 22.09.2016

    Gostei muito da sua postagem. Realmente, tem muitos mais fatos, haha. Eu costumo tirar um dia para escrever posts (os meus ainda estão bem ruins, comecei a um pouco mais de um mês atrás), deixo quantas postagens em rascunhos eu puder, e ao longo da semana eu só respondo os comentários, haha.

    ✯ Instagram ✯✯ Fan Page ✯✯ Blog Diamante Turquesa ✯

    Responder

  • carol sena em 22.09.2016

    cara eu acho que temos que fazer o que amamos, se você gosta de uma coisa, continua, se joga, mas se não esta dando mais sem problemas a vida tem mais um milhão de coisas legais pra fazer. E sobre o fato de falar de coisas que muita gente já falou, eu não vejo problema o assunto pode ser o mesmo, mas a tua visão dele é diferente, é tua marca ali, e isso é que é legal. E não se force muito pra escrever, em enovar, deixa as coisas virem naturalmente. Boa sorte com essa fase, espero que continue blogando por muito tempo, por que você é muito talentosa, já dei uma olhadinha em tudo por aqui. beijos

    Blog Entre Ver e Viver

    Responder

  • Sabrina em 22.09.2016

    Até agora meu único contra é a divulgação, também não tenho muita paciência kkkk mas sinto que logo logo vai aparecer o contra de alguém chegar falando coisas que não deveria, coisas maldosas. Amo compartilhar meus pensamentos e afins e ver que há pessoas que se identificam comigo, amo muito <3
    https://meninapsicotica.wordpress.com/

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Depois de um tempo, o blog se auto divulga então vale a pena persistir um pouco!

    Responder

  • Tamires Monsores em 22.09.2016

    Tamires Monsores · Chef em Tamires Monsores
    Falou verdades! Mas também qualquer coisa que a gente faça tem seus prós e contras.
    Muito bom o post 😉

    Responder

  • Bárbara em 22.09.2016

    Oi Bela.

    Não tenho nenhuma paciência para ficar divulgando.
    Parece tão cansativo e tem tão pouco retorno.
    Mas aos poucos que se chega a algum lugar e eu vejo o meu blog crescendo aos pouquinhos.

    Tava pensando quando lia esse post.Acho que vou começar a elaborar os textos para o blog no papel também.

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    Responder

  • Beatriz Mariano em 22.09.2016

    Olá tudo bem?
    Obrigada pela visita.
    Gostei do post mas tudo na vida tem um lado bom e ruim
    agora agente tem que colocar na balança e vê o que vale a pena
    o nosso esforço, e se isso te faz bem, gostei do seu vídeo do
    supermercado na Finlândia achei bem legal.
    Beijos e boa semana
    http://bemcandy.blogspot.com.br

    Responder

  • Samira em 22.09.2016

    Aiaiaiai que blog lindo, moça!
    Meu navegador travou no cabeçalho e eu já fiquei super babando a ilustração, ai quando consegui rodar pra baixu, bum! é você! que linda linda!!! parece aquela atriz que faz Orphan Black, sabe?
    Enfim, sobre o post, primeiro: amei esse jogo de caneta de pena (super quero), também sou letrista (nunca sei qual o nome do que nós somos mas beleza) hahaha.
    Eu concordo que as melhores coisas de ter o blog é ser ouvida (acho a melhor parte kkkk) e as amizades. E poxa, de fato, também sou meio do contra com o que a anda na moda e o que as pessoas pensam, então meus posts as vezes soam meio confusos hhahha MAS eu pintei o cabelo de ruivo kkkkkkk (mas pelo menos quero pintar ele faz uns 6 anos, muito antes da moda ruiva começar – snif snif snif gostava tanto de ser diferente) E poxa, eu li que você mora na Finlândia? Serião? que massa!!!
    Uma coisa que odeio em ter blog é dvulgar, como posto pouco – pq quero tudo muito bem explicadinho e bem feitinho, porém tenho zilhões de textos pra ler e trabalho pra fazer – eu divulgo so quando posto e isso não ajuda em nada (triste vida)
    beijos Bella!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    AIKE LINDA <3 Muito obrigada pelos carinhos, Samira!
    O jogo de caneta pena, ganhei do meu amô. Ele não acreditava na minha felicidade quando me viu abrindo a caixa xD

    Responder

  • Natália Maria em 22.09.2016

    Quem diria. Eu não sou a única (e finalmente achei uma denominação): Síndrome do não quero ser como as outras. Só que no meu caso é não ser igual as outras blogueiras literárias, que só postam resenha atrás de resenha e mesmo assim tem milhares de centenas de comentários (é, até bate uma invejinha do mal). Você que está a 2 anos está passando por isso, imagine eu com 6 anos. Meio que deu uma cansada.

    Sabe, recentemente descobri que existe pós e contras para tudo na vida. Me peguei pensando nisso quando me perguntam “esse horário é bom?” (sobre a mudança de horário do shopping onde trabalho) e nos dois horários (o antigo e o novo) tem pós e contras.

    Seu post me deu a ideia de fazer isso com o blog também.Eu até queria parar com ele, mas simplesmente não consigo (e ter parceria com uma editora acaba dificultando as coisas). Sim, eu diminui bastante meus posts… mas deve ser a época do ano (vide setembro de 2015 para se ter uma ideia). Estou com outros objetivos agora. É incrível o quanto somos sucessíveis a mudanças não?

    Já falei demais. Vou indo. Espero que você tenha prazer de fazer o que faz. Porque se você tiver prazer, vale a pena. (tentando usar isso em beneficio próprio).

    Até

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Eu não sei como funciona para blogueiras literárias mas cara, ler dois livros em um dia é meio impossível assimilar de verdade o conteúdo do romance. Além, claro, que na minha mente, parece que é meio ‘leitura dinâmica’.
    Continue com o blog na medida que você tem tempo livre mas não o abandoneeee, adoro ler suas pirações!

    Responder

  • Danielle S. em 22.09.2016

    Olha, gostei muito do seu post! Faz a gente pensar e avaliar os nossos próprios prós e contras quanto a blogar! A minha listinha de prós também é maior que a de contras, então vamos vivendo e blogando!
    Acho muito legal o trabalho que você produz por aqui e seus posts sobre a Finlândia são um grande diferencial, hein! Estou aprendendo muito mais do país e seus costumes por aqui 🙂

    Um beijo! ♥
    http://www.daniquedisse.com.br

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    O foco do blog meio que virou cambalhota depois que mudei pra cá mas as coisas que encontramos online sobre a Finlândia são meio bagunçadas, então é legal deixar exposto! :3
    Obrigada pelo carinho, Dani!

    Responder

  • Carol em 22.09.2016

    Oi Bela,
    Eu percebi sua ‘ausencia’ mas sabe, super entendo. Eu já tive minhas épocas de ‘não quero mais isso!’ e de querer jogar o blog pro alto.. mas repensei e decidi, que antes de fazer pelos outros, faço por mim!

    O blog deve ser feito por prazer e não por ‘dever’, caso você não trabalhe diretamente com isso e não dependa financeiramente dos resultados do blog.

    Adorei o post e a atitude de mostrar aqui o que pensa sobre o que realmente sente, e abrir seu coração aos seus seguidores. Todo mundo tem que entender que ninguém é uma maquininha, que só sabe fazer textos pro blog e tirar fotos pro insta (Mas particularmente, eu adoro suas fotos! *-*)

    Beijos

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 2nd, 2016

    Você é uma linda que sempre tá participativa no blog <3
    Sempre me dando mais vontade de continuar postando. Acredite, se morasemos perto, seriamos migaaaaaaaas HSIUAHSUIHAUISH

    Responder

  • Lívia Alli em 22.09.2016

    blogar tem msm varios pros e contras, acho mt bom ter um lugar só meu pra me expressar, mas mts vezes o hobbie acaba tendo o peso de uma obrigaçao

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    Responder

  • Ana Murari em 22.09.2016

    Oi, tudo bem?
    Nossa senhora, como SEMPRE me identifico com os seus posts, sério hahahaha. Com esse não foi diferente, não tenho nada pra acrescentar, apenas concordo com tudo o que disse… As vezes realmente dá um desânimo pra postar, e esse negócio de “tudo ser usado contra você” parece que aumenta a cada dia que passa né? Um caos! Mas também temos lados positivos e sempre continue mostrando como vc é, o que vc acredita, gosta, etc., pois mesmo que outras pessoas pensem igual, vale a pena conhecer um pouquinho de cada um!
    Adorei o post!
    Ps: Vou tentar postar mais coisas escritas no blog mesmo hahaha, tb percebi que to precisando disso :(, postei um vídeo, mas o próximo post será escrito (AEEEE HAHAH) e o universo me ajudar, os próximos também!
    Beijos
    http://www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=N0EZo0RVD3Y

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 5th, 2016

    Awe, que bom que aceitou meu conselho <3
    Obrigada pelo carinho!

    Responder

  • Kelly Mathies em 22.09.2016

    Acho que super concordo com todos os teus pontos, principalmente aqueles ligados aos contras. Infelizmente tem muita gente sem senso pela internet e isso pode ser horrível. Um A pode ser motivos suficientes para criar uma intriga imensa que na verdade nem era a intenção rs. Me dá uma dó deixar meu blog sem postagem de vez em quando, mas é justamente isso, nem sempre temos algo de útil para compartilhar, para dar aqueles que querem novidades o tempo todo. Às vezes bloqueamos também. É complicado isso tudo, mas com amor a gente consegue levar a diante ♥ “pode ser que semana que vem, encontre mais contras e deseje jogar tudo pro alto” esse é o lema da minha vida com o blog, mas até que me tirem essa vontade de escrever, fico por lá rs. Espero que consiga encontrar vários prós por aí, apesar de sabermos que tudo tem dois lados, né? Adorei teu post, sem mais.

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 5th, 2016

    Obrigada pelo carinho, Kelly! E continuemos firmes e fortes 😀

    Responder

  • Tais Alice em 22.09.2016

    Graças aos teus prós e contras, com os quais eu concordo e muito(!), decidi continuar com o meu blog.
    Esses dilemas nos afligem volta-e-meia, né? Seja pelo motivo que for, eles aparecem. O meu ultimamente foi pensar que meu blog era meio “inútil”… hahaha Resolvi me dar um tempo, acho que era necessário.
    Mas enquanto ele me fizer bem, ele vai continuar existindo.
    Adorei teu post.

    Um beijo.

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 5th, 2016

    Acho que nunca fiquei tão feliz em ajudar alguém com um post <3
    Você não sabe como fiquei alegre em te fazer permanecer com o blog! O que vale é a intenção de se expressar sempre!

    Responder

  • Luana Souza em 22.09.2016

    moça, antes de mais nada, seu blog é muito amor *_* esse layout e essa paleta de cores são lindos!

    sobre o post, achei tudo muito verdadeiro e me identifiquei com muita coisa. acho que o principal ponto positivo de eu ter criado meu blog é sentir que tem um lugar onde eu possa falar sobre qualquer coisa. eu tenho umas neuras quanto a me expressar com ~pessoas~ e o blog ajuda 🙂

    beijos.

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 5th, 2016

    Obrigada, Luana <3

    Responder

  • Nana Araujo em 22.09.2016

    O maior contra pra mim é a competitividade. Mesmo o pessoal dos grupos se ajudar, fora deles não é assim! E sempre foi assim na internet, não é só em blogs.
    E com isso vem a comercialização, é claro que quero ganhar com o blog, mas vejo que entramos numa caixinha em que todos tem de ser meio iguais pra conseguir alguma coisa!
    Gostei muito das tuas listas!
    Beijos e tudo de bom
    Fala Tef http://www.nanalaraujo.blogspot.com

    Responder

  • Isabela Carapinheiro outubro 5th, 2016

    Muito verdade, Nana. Se você quiser entrar para as blogueiras que ganham algo com o blog, acaba entrando em uma caixinha junto com todas as outras.
    Funciona da mesma forma com bandas. A banda é diferentona e muito boa, entrou pra um selo e tem que gravar exatamente como o produtor quer, perdendo a essência da banda mas no fim das contas, eles tem dinheiro e é o que importa (?)

    Responder

  • Isabela Carapinheiro em 22.09.2016

    Minha vida, meu clube!

    ” apesar de tudo, não consigo largar “

    Responder

  • Isabela Alves em 22.09.2016

    Nossaaaaa ameeeei teu pros!! Concordo absolutamente com tudo, ter um blog é muito amorrrrr, mas também é cansativo as vezes, a parte de divulgar então zzZ. Porém isso que te traz os elogios, né? Então..
    Amei esse post, me fez refletir muito! Amei teu blog.

    xoxo,
    http://www.keep-calm-girls.blogspot.com

    Responder

Translate »