27.12.2016

Sobre sucesso e falhas

Este ano começou com minha vida lá no alto da escada por causa dos dias de energização na praia com as amigas, aí jogou-se no chão de birra e então reergueu-se antes da metade dos doze meses, terminando maravilhosamente. De fato 2016 foi um ano bom pra mim – mesmo com a perda de artistas que envolveram minha infância.

Só que a ideia desse post é mais sobre conversar sobre sucessos e falhas.

Nós, reles mortais, temos mais falhas pra tropeçar durante a vida –muitos dizem- do que sucesso. Quase nenhum. Quase nunca. Parece que temos que alcançar algo invisível aos olhos para que o resto da engrenagem continue a funcionar.

Só que isso depende do ponto de vista.

Você dá duro pelo que quer?

Do fundo do coração responda isso.

Eu tenho crises de ansiedade, que mesmo programando o dia inteiro com coisas para fazer, não consigo ir além de ficar sentada no sofá olhando as árvores sacudirem. Ás vezes, dura dois dias ou mais. Outras vezes, penso em algo que acaba me motivando e chegamos ao outro lado da moeda – minha ansiedade tem dois lados: quando quero fazer tudo ao mesmo tempo e rápido, pra recuperar o tempo perdido. Claro, em menos de 24 horas.

E é aí que eu entro na pira de que não alcanço sucesso por não dar duro. E é aí que eu tenho certeza que entra a maior parte de eu não ter tanto sucesso em certas coisas que ansiava em ter feito.

Sucesso vem de algumas formas: trabalhar duro, ter um toque do cosmos no destino ou ser rico.

Tenho plena aceitação e exercício no dia a dia da lei da atração, já que desde os 15 anos, querendo vir pra Finlândia, sempre que alguém me perguntava o que eu faria quando estivesse aqui, eu responderia ‘sei lá, vou viajar, encontrar o amor da minha vida e me casar…’ ACREDITE, eu sempre respondi isso! E repetindo essas respostas, o que atraí pra minha vida? Exatamente as palavras ditas.

Algumas das grandes falhas que aconteceram esse ano foi estar ajudando em um Grupo Escoteiro. Na fundação dele e ser desmerecida no que fazia, junto com dois amigos só porque ‘éramos muito jovens ‘. A falha foi acarretada por pensamentos negativos de um terceiro, que jorrava péssimos pensamentos.

Sendo a pessoa sentimental, espiritual e energizada que sou, acabou me deixando muito mal em deixar o G.E. no comecinho, não aguentando a pressão de tentar ajudar e não desejarem minha ajuda -sendo o segundo G.E. que acontece algo parecido.

Nesse mesmo momento de falhas consecutivas, decidi fazer a viagem, mesmo sofrendo com a depressão – eu estava em um dos seus auges – por estar desiludida da realidade das escolas, do ensino, dos jovens.

Depois desses dois acontecimentos e com a chegada da viagem, decidi canalizar só energia positiva no meu dia -enquanto falavam ‘e se o avião cair? e se você for assaltada? e se….’ – e com isso, só atraí coisas boas.

Estava conversando com as meninas do grupo Café com Blog com essa necessidade de ajudar os outros, e de ser a luz entre as pessoas de pensamentos negativos.  Muitas pessoas não entendem esse meu jeito. Alguns chegam até a se aproveitar. 

Não tenho metas traçadas para 2017. O mundo gira muito rápido pra que faça com o que eu decida coisas em um estralar de dedos.

Tenho algumas ideias, já mentalizadas na minha mente, de onde quero chegar no ano que vem. Com certa certeza que o futuro é inesperado mas que continuo tendo as rédeas da tal vida que me pertence.

O que tenho feito é me policiar em cada pequeno pensamento que rodeia minha mente para que seja lançado o mais distante possível para que não se materialize, pode ser um pequeno que bosta, esse troço não vai dar certo…

Nem sempre as falhas são por sua culpa mas com certeza o sucesso depende de você!

Antes mesmo de correr atrás, mentalize o que quer, onde quer chegar e de qual forma fará pra acontecer! E aí então, abrace o mundo pois ele é seu e ninguém pode te tirar o sabor maravilhoso da vida.

Sempre pense positivo. Até mesmo pela ideia mais boba que tiver. Cara, o poder da mente é muito maior do que você imagina!

Me diz, o que você fará para diferenciar seu ano de 2017 e alcançar o sucesso merecido?

  • Carol em 27.12.2016

    Eu que acompanhei você por aqui desde o ano passado percebo vendo de fora o quanto as coisas mudaram.

    E fico feliz por você ter conseguiido concretizar alguns sonhos, metas. Dá pra ver a sua felicidade. Sei que tem muitas coisas que são fodas, como a saudade da familia, amigos, das suas coisas.

    Mas penso que é tudo uma questão de adaptação. E talvez se um dia você voltar aqui como visitante, você percebe que ai é realmente o seu lugar, home sweet home!!

    Você ajuda muito as pessoas Bela. Pelos textos, videos, fotos. Você já me ajudou muito. As vezes que estava pra baixo, sem criatividade, sem animo, vinha aqui e você sempre tinha algo a dizer, nem que fosse um ‘ei levanta, acorda, sacode a poeira e da a volta por cima!!!!’

    Você é demais garota, demais!

    Responder

  • Isabela Carapinheiro janeiro 12th, 2017

    Seus comentários sempre me enchem de amor, Carol <3

    Responder

  • Flavi em 27.12.2016

    Ai Bela, vc me definiu bem neste post. Em especial sobre a ansiedade que tenho desde muito novinha. Essa é a minha maior batalha de todos os dias. E eu sei exatamente como uma pessoa ansiosa se sente. Mas somos guerreiras né? o/

    Responder

  • Livia em 27.12.2016

    tbm sofro mt de crises de ansiedade, a gente tem que ser o melhor que podemos ser, tentar nosso melhor, aceitar nossas falhas sem tanta pressao

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    Responder

  • FERNANDA LUCENA em 27.12.2016

    Caramba, que post!
    Era, de verdade, o que eu precisava ler!
    Eu tenho a péssima mania de me sabotar, n dou o melhor de mim e depois ficou total deprê pq n consegui o q tanto qria! Eu tracei metas p 2017, nada mirabolante, mas que depois de analisar, vi que fazem falta ou eu desejei mas n corri atrás. Uma das metas é visitar/ligar mais p minha família que mora longe…

    Feliz Ano Novo pra vc!
    Se a comemoração aí for diferente daqui do Brasil, posta aqui 😉
    Adoro qd vc escreve sobre a Finlândia!

    Bjoooos

    Responder

  • hellz em 27.12.2016

    OI BELA

    sei que muita gente acha clichê, mas a lei da atração e da positividade é algo que dá MUITO certo. Não é fácil, lógico, atingir o patamar de ser sempre positivo e atrair tudo que se deseja, mas é possível. O problema é que as pessoas tem mania de achar que se não for imediatista, é porque nao tá dando certo pensar positivo, só que o cosmos manda as coisas quando é melhor pra nós mesmos e quando somos merecedores, né?
    Tá aí o seu exemplo de viver dizendo querer ir pra FInlândia e agora você é cidadã de onde, hein hein hein?

    E LÓGICO QUE EU QUERO TE CONHECER, SUA LOKA. A Finlândia, lógico, mas querer conhecer você é mais lógico ainda *-* temos mesmo muito em comum e já imagino o papo interminável e divertido que teremos quando esse dia chegar!

    beeeeeeijo
    beinghellz.com

    Responder

  • Bruna Morgan em 27.12.2016

    Eu também passo dias na crise da ansiedade, e quando percebo, fiz quase nada ):
    Ansiedade e depressão ficam nos jogando pra baixo e é bem difícil realizar coisas, né? Esse seu post me deixou com mais vontade de levantar do sofá huahua
    Fico feliz que conseguiu realizar algumas das suas metas, você deu um grande passo indo praí <3

    Responder

  • Natasha Arruda em 27.12.2016

    Realmente a vida tem dessas coisas, mas nada acontece por acaso. Tudo é um aprendizado!

    @elapensatambem

    Responder

  • Marta Izabel em 27.12.2016

    Oi!!
    Adorei a postagem!! O mais importante de tudo que você siga em frente de cabeça erguida!! Seja você mesma!!
    Beijoss

    Responder

Translate »