29.08.2017

A vida muda como estações do ano

O verão está chegando ao final e os tons do outono já estão dando as caras: a temperatura já caiu e as flores aos poucos estão desaparecendo, logo tudo ficará marrom, vermelho, amarelo e laranja. 

A vida muda como as estações do ano. 

Hoje pela manhã, fritando um ovo pro meu café da manhã (acredite, sempre viajo fundo no meu subconsciente em pequenas atividades como lavar a louça), me peguei em pensamentos de como a vida mudou pra mim não só no último ano mas nos últimos seis meses. 

Passei por momentos difíceis com a crise de pânico, ansiedade e depressão – que ainda estou recobrando forças e que o verão foi revitalizador e peça chave para esse passo – e estou apreensiva com os próximos meses já que tantas mudanças vem acontecendo no dia a dia e no meio ambiente em que estou. 

Meus dias de solidão, viraram de cabeça pra baixo já que antes era eu e o Antti o tempo todo e agora mal vejo ele por causa da universidade. Passo mais tempo com a Amanda e o Jerry, pessoas que, seis meses atrás, eu não faria ideia de como seriam importantes pra mim hoje. 

Muitos sentimentos também passaram por aqui e novos chegaram para limpar a alma de tristezas. Eu sinto falta da minha família e amigos, de comidas e lugares mas não voltaria para o Brasil por não me sentir segura em um país que está em ruínas.

As pessoas que deixei, seguem suas vidas assim como eu deveria seguir a minha sem passar tanto tempo revivendo nostalgicamente o que aconteceu no passado. Prometemos contato mas nem sempre é possível por inúmeros motivos, desde falta de tempo até desinteresse ou coisas que não combinam mais com os momentos. E aí ficamos apenas com as memórias. 

Junto com a nova estação que vem chegando e esses pensamentos de renascer após estar perdida em sensações que meu cérebro produziu sem ser pedido, cheguei a conclusão de que não posso me manter cem por cento no controle de tudo que acontece na minha vida e que eu deveria começar a deixar as rédeas lacearem aos poucos. 

Mal por esperar pelo que o outrono me trará e sei que serão motivos de muitos novos textos por aqui já que cada dia mais esse cantinho volta a ter a cara de um diário. 

O que vocês querem que venha junto com a nova estação do ano que se aproxima?!

Translate »