Posts de Bela
18.06.2014

GULA: Agora você tem a quem culpar

Não, não vou dar aulas sobre assuntos considerados ‘chatos’ mas para explicar sobre o que alguns consideram ‘pecado’ seguindo preceitos e dogmas de religiões, vamos voltar pelo menos 5 milhões de anos…

A Gula e a Evolução Humana

gula

Os seres humanos nunca estiveram tão gordos!
Estudos dizem que existe 1,5 BILHÃO de obesos contra 925 milhões de desnutridos no MUNDO ( Segundo relatório da Cruz Vermelha, 2011)!!!

A gordura corporal que hoje é vista como vilã é uma das razões do sucesso da nossa evolução: se não fosse a capacidade de guardar energia, nossos antepassados não teriam sobrevivido e não estaríamos aqui para contar história – ou comer um lanche do Burguer King.

A Gula não é apenas um capricho do homem: é o nosso instinto animal mandando guardar a maior quantidade possível de energia. Nossos antepassados precisaram se adaptar a uma série de mudanças climáticas, como grandes períodos de seca, e resistir a temporadas extensas de fome.

Agora vamos á explicação da nossa vontade de comer um chocolate em vez de brócolis: nossos ancestrais que experimentavam gordura e açúcares tiveram maior eficiência na sobrevivência.

Com a agricultura, a comida deixou de ser escassa, mas nossa necessidade de estocar gordura continua firme e forte! E a necessidade de estocar gordura continuou presente…

*coma

*coma

Mas, além dos genes, a resposta para a obesidade pode estar no cérebro. A falha é causada pelo excesso de gordura saturada – encontrada em fast-food- e acontece quando o cérebro se torna resistente á lepotina, hormônio produzido no tecido adiposo e que indica ao hipotálamo (partezinha do cérebro que controla a fome e o gasto energético) o quanto ja temos de energia estocada e por que devemos parar de comer. Com esse desiquilíbrio, o cérebro não registra mais o quanto há de gordura estocada – e que prejudica a sensação de saciedade.

E definitivamente: comer exageradamente não é a unica causa da obesidade mas a doença sofre influência de agentes que independem do modo de vida do indivíduo como: hereditariedade ( dá uma olhadinha nas fotos antigas dos seus pais, tios e tias…), fatores ambientais, biológicos e comportamentais.

Entre duas e seis horas depois de comer lá vem a fome de novo! E conforme comemos, o corpo emite sinais de saciedade:
1º sinal – IMEDIATO: Logo que a comida chega ao estômago, os níveis de grelina ( o hormôniozinho da fome ) diminui. Comer devagar faz o corpo notar que está satisfeito.
2º sinal – INTERMEDIÁRIO: O alimento chega no duodeno. Nessa etapa, a insulina e a leptina vão indicar ao hipotálamo que já estamos satisfeitos.
3º sinal – TARDIA: A leptina leva ao sistema nervoso central a informação sobre a quantidade de energia que está sendo estocada e nos faz comer menos. A Gula, ou melhor, a falha no processo de informação para o cérebro nos faz perder o controle sobre a fome e a saciedade.
Espero que esse textinho com informações calmamente colhidas por mim, satisfaça cada um de vocês com a Gula do saber.

Gostaram? Deixa um comentário aqui em baixo 😉

18.06.2014

O começo de tudo

O começo de tudo

Eu sempre olhei aquelas fotos de antes/depois de pessoas que passavam por processos de emagrecimento e sempre achava (dando essa desculpa para mim mesma) que elas eram ricas, sei lá, pra comprar só coisas caras e integrais, irem ás melhores academias ou partiam para o processo mais rápido que é passar na faca (e que muitos, depois de passar pela faca, acabam voltando ao normal pois não se cuidam).

Finalmente tenho meu ‘antes e depois’.

São 2 anos de diferença da primeira pra segunda foto. 98kg na primeira e 75kg, no mês de abril.

Depois de ver as fotos de uma ‘conhecida’ magéeeeerrima e pagando de marombeira ‘no pain no gain’, e repetindo várias vezes que se tem que correr atrás do objetivos e ser obediente com sua mente…. Eu lembrei que de começo ela fez uma lipoaspiração. Não foi tão duro, foi só manter, ao meu ver.
No meu caso, perdi 22kg. Não me lembro nunca de uma dieta ter surtido efeito comigo, tanto porque, não me importava muito em perder peso, nem de seguir horários para comer devido a minha incrível preguiça de me mover para me alimentar, isso sempre me manteve em picos de passar o dia inteiro sem comer e quando comer: devorava a casa! Aliás nunca fui de comer fast food –obrigada pai, obrigada mãe.

page page2

Nasci bem pequenininha, e pelo que minha mãe disse, eu tive pneumonia e foi aí que o drama da Asma começou a me perseguir. Obviamente, engordei bem rápido com os medicamentos para evitar crise, e mesmo com os remédios, eu passava mal em dias de mudança climática e/ou ansiedade.

O tempo foi passando, as crises piorando porque eu engordava mais e mais. Não me importava mesmo, já estava acostumada com o ‘você tem asma’, então achava normal parar no hospital sempre. Juventude e suas consequências. Sempre fui aquela gordinha feliz, com vários amigos, uns paquerinhas e sem tempo ruim.
Entrei na academia em 2010 mas foi por causa da cirurgia do joelho (rompi o ligamento na época do escotismo), precisava fortificar e tal. Desisti umas 2 ou 3x, porque preferia ir em rolês e beber.
A principal mudança aconteceu após o término do meu primeiro. Não foi por encanação por conta do meu peso, que por sinal, eu sempre me dei bem com caras Heh. Quando vejo essas fotos, não entendo o que eles viam em mim… Eu fiquei tão mal pelo término do namoro que simplesmente não comia… POR DIAS. Cheguei a ficar na cama por 2 meses quase, comendo com espaço de 2 dias. Deve ter sido a depressão não tratada da adolescência que atacou mas pra minha família sempre foi drama, então ‘uma hora isso tinha que passar’.
E passou: perdi em torno de 15kg e quando percebi, estava bem diferente. Eu não enxergava quando minha família falava que eu estava muito mais magra, eu só via um ser bizarro e com olheiras maiores do que a genética me proporcionou.
Finalmente tomei vergonha na cara e voltei pra academia pra me fortificar, comecei a trabalhar e me ocupar mais. E surpreendentemente: minhas crises de asma diminuíram. Minha asma melhorou tanto pelos exercicios, como pela perda de peso. Comecei a cuidar dos hormônios com anti-concepcional e do quase-hipotireoidismo. Tudo foi se adequando…
Continuei com a preguiça de me alimentar, mas sempre carregava algo na mochila pra comer. Percebi que minhas roupas GG desceram pro M e que a calça 50, caiu drásticamente pra um 44 e meio.
Eu não me mantenho em dieta, não sigo alimentações caras e já fazem dois meses que não vou pra academia por falta de dinheiro mas me sinto 70% melhor.
Só fico triste por ter ficado com muitas estrias por conta da retenção de liquido devido o cortisona pra asma. :/Esse aqui foi só um desabafo depois de ter postado essa montagem acima no instagram/facebook e ter repercutido tão bem.

Estou em um relacionamento muito saudável agora, e ele me apoia de todas as formas. Quando disse sobre a ideia do blog, ele foi o que mais ficou feliz e me incentivou.

Esses dois meses sem academia, consegui manter bem, devo ter engordado uns 3 ou 4kg pelo fato de sempre tá andando por ai mas com a ajuda do blog, espero que muitas de vocês me entendam, percebam do que tive que largar mão com o passar do tempo para me readaptar a uma vida diferente e mais saudável. Nem tanto pela estética (OBVIO QUE ME SINTO MUUUUITO MAIS FELIZ) mas pela minha saúde e a prevenção de uma meia idade melhor.

Ainda estou na luta por menos 13kg, perda da pança, dar um jeito nas estrias ridículas( e que são minhas marcas de guerra!!!!) e 20cm a mais de cabelo!

O blog em si, vai ser um acompanhamento da minha vida e dicas.
Muitas surpresas virão por aí. 😀
17.06.2014

Quantas horas tem o dia do seu ídolo?

large (15)

Pense na pessoa que você tem como ídolo. Agora lembre-se que ela é como você: que no dia dela tem a mesma contagem de horas.

Porque continua a reclamar? Que nada dá certo, que tem muita gente que faz o mesmo que você pensa em fazer, que hoje tudo é muito concorrido.
Agora volte e pense na pessoa que você tem como ídolo. Agora lembre-se que ela é como você: que no dia dela tem a mesma contagem de horas.
Esse é o mantra para essa madrugada.
Página 241 de 242«1 ...237238239240241242Próximo
Translate »