Categoria "Assistidos"
20.11.2015

5 coisas que aprendi com os clássicos da Disney

Eu sei, gentem, que hoje seria dia de VLOGATIVITY mas é por uma boa causa que não será postado hoje: vou gravar um pouco da Força Tarefa Escoteira na arrecadação de Água Mineral para a população de Mariana, Minas Gerais. Tentarei disponibilizar no domingo. Prometo!

5 coisas que aprendi com os classicos disney

O tema da Blogagem coletiva de hoje é tão fofo e combina com o nosso cantinho que dá pra ver até mesmo pelo NOME DO BLOG, né?!

5 COISAS QUE APRENDI COM OS CLÁSSICOS DA DISNEY: 

O mundo é como seus olhos veem, não como querem que o veja.Scar Rei Leão

Sim, sou sonhadora. E quando falam pra eu colocar os pés no chão, volto meu olhar pra baixo e afirmo com um pulinho que a lei da física está ajudando. Meus pés estão e estarão no chão até o momento que a gravidade do planeta Terra decida o contrário. Ter a mente além da percepção sem cores e sem graça da maioria, já é outra história e não me interessa.

Quando você estiver feliz, você vai sair cantando, passarinhos e borboletas estarão te rodeando, as pessoas saberão exatamente a canção e dançarão junto…Dance a princesa e o sapo

SÓ QUE NÃO. E mesmo que não tenha animais falantes e uma equipe de coreografia ao seu lado: cante e dance. Ás vezes, me pego dançando e cantando em lugares nada comuns: academia, pela rua, subindo as escadas para o metrô, passando de um corredor para outro na troca de aulas… E sempre tem quem me olhe na dúvida se bati com a cabeça ou se não tomei meu remédio…

Você é linda pra caralho!large (4)

Quem diabos dita que você só é linda se tiver o cabelo liso, louro e ser magrinha? Nem a Disney faz isso ao escolher suas personagens! Branca, morena, negra, oriental… TODA PRINCESA TEM SUA BELEZA. Única. E pode ter certeza que se você não se achar linda, ninguém mais vai achar… Ser linda começa por dentro!

♥ Seja você mesma.Stitch Rawr

Eu nunca levei jeito para ser a princesa, fyna, dyvina, educada e comportada. Demorei muito e apanhei muito –de verdade e na vida– para entender que o importante é ser você. Não precisa ser feminina e usar rosa. Não precisa ser tímida ou concordar com tudo que falam. Quer sair de batom roxo, saia. Quer dançar no meio do metrô, dance. Quer gritar no meio da rua por estar muito triste, grite. Seja você mesma sem se importar com o que os outros pensarão.

Na dúvida: HAKUNA MATATA!hakuna matata

Se fico na dúvida, penso imediatamente ‘hakuna matata‘. Que continue como está. Que seja como deve ser. Que os problemas não tirarão meu sono e se resolverão sozinhos.

geek

Esse post faz parte da blogagem coletiva do grupo Blogueiros Geek.

29.09.2015

5 filmes para lembrar de não esquecer do amor

Tem dias que acordamos, vemos tudo de ruim que está acontecendo ao redor e perdemos todas as esperanças. Não só no amor mas na compaixão.
Me peguei separando filmes sobre como não esquecer do amor.
Aí você vem e diz ‘São filmes, Bela. É ficção! Isso não acontece de verdade!‘. E eu digo que acontecem sim! Mas estão escondidos, não publicados na internet. Apenas acontecem…

Filme: Para sempre Alice (Still Alice) – 2015
Direção: Richard Glatzer e Wash Westmoreland
Duração: 101 minutos | Filmow
Sinopse: A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguistica. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John (Alec Baldwinse), fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia (Kristen Stewart), se aproximam.

não esquecer do amor 1

”- Era sobre o quê? Sobre o que era a história que acabei de te contar?
– Amor.
– Isso, mãe. Era sobre amor”.

Crítica: Acessei o Netflix para dar continuidade na minha serie (#OITNB) e dei de cara com o banner desse filme. Li a prévia resenha e cliquei no play. A história é tão fofa, que me deixou em prantos. Sim, algumas pessoas podem não ter se emocionado com esse filme mas cada olhar perdido e palavra esquecida (como professora linguista, deve ser algo agoniante de se imaginar) que Alice tentava lembrar, me tocava. Não é a toa que recebeu premio de melhor atriz!

Filme: Como não esquecer essa garota (Remember Sunday) – 2013
Direção: Jeff Bleckner
Duração: 96 minutos | Filmow
Sinopse: Molly é uma garçonete solitária que se envolve com Gus, um vendedor de joias. Mas há um obstáculo para o relacionamento: Gus sofre de um problema de perda de memória recente, que o impede de lembrar dela. Entretanto, com criatividade e jogo de cintura, ambos tentarão fazer o amor triunfar.

não esquecer do amor 2

Crítica: Parece ser inspirado no filme ‘Como se fosse a primeira vez’ mas no caso, quem perde a memória é o cara. O roteiro em si, não teria como ser de outra forma. Algumas pessoas poderão dizer que é nível ‘sessão da tarde’.

Filme: Como se fosse a primeira vez (50 First dates) – 2004
Direção:Peter Segal
Duração: 99 minutos | Filmow 
Sinopse: Henry Roth (Adam Sandler) é um veterinário paquerador, que vive no Havaí e é famoso pelo grande número de turistas que conquista.
Seu novo alvo é Lucy Whitmore (Drew Barrymore), que mora no local e por quem Henry se apaixona perdidamente. Porém há um problema: Lucy sofre de falta de memória de curto prazo, o que faz com que ela rapidamente se esqueça de fatos que acabaram de acontecer. Com isso Henry é obrigado a conquistá-la, dia após dia, para ficar ao seu lado.

não esquecer do amor 3

Crítica: Aquele filme com trilha sonora linda, que faz você rir e chorar ao mesmo tempo. Sem limites de amor! É mais comum você imaginar a mulher fazendo de tudo para não deixar que o amor e o relacionamento acabe (pelo menos nos filmes!!!) e aqui mostra toda a paixão do Henry.

Filme: Para sempre (The vow) – 2012
Direção: Michael Sucsy
Duração: 104 minutos | Já fiz a resenha do Filme + Livro!!! (aqui)
Sinopse: Paige e Leo (Rachel McAdams e Channing Tatum) formam um feliz casal recém-casado cujas vidas são transformadas por um acidente de carro que deixa Paige em coma. Ao acordar com uma perda de memória severa, Paige não se lembra de Leo, mas apenas da confusa relação com seus pais (Sam Neil e Jessica Lange) e do ex-noivo (Scott Speedman) por quem ela talvez ainda sinta algo. Apesar destas complicações, Leo luta para conquistar seu coração novamente e reconstruir seu casamento.

não esquecer do amor 4

Filme: Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembrança (Eternal Sunshine of the Spotless Mind) – 2004
Direção: Michel Gondry
Duração: 108 minutos | Filmow
Sinopse: Ao descobrir que sua ex-namorada se submeteu a um tratamento experimental para apagá-lo de suas lembranças, Joel decide passar pelo mesmo processo. Porém, durante a experiência, ele percebe que não quer esquecê-la.

Crítica: Na hora que comecei a escrever a resenha, já me coloquei a baixar novamente esse filme, que assisti provavelmente em 2012 quando um relacionamento (online, de 6 anos 😮 ) tinha acabado, e que fiquei a me debulhar de lágrimas. É super famoso por seus quotes na internet e uma gracinha. Uma história que faz sentido para os finais de relacionamento em que ambos se gostam e estão terminando por motivos banais, né?! :{

não esquecer do amor 5

Vou deixar uma música muito amor que faz parte da minha vida e que combina com o post. Clica no play e ame também!

05.09.2015

Looper – Assassinos do Futuro

Looper 3Looper – Assassinos do Futuro
Dirigido por Rian Johnson
Ano: 2012
Duração: 118 minutos
Mais informações: Filmow
Sinopse: Kansas City, 2044. Viagens no tempo são uma realidade, mas estão apenas disponíveis no mercado negro. Seu principal cliente é a máfia, que costuma enviar ao passado pessoas que deseja que sejam eliminadas, já que é bastante complicado se livrar dos corpos no futuro. Os responsáveis por estes assassinatos são os loopers, organização a qual Joe (Joseph Gordon-Levitt) faz parte. Um dia, ao realizar mais um serviço corriqueiro, ele descobre que seu alvo é a versão mais velha de si mesmo (Bruce Willis), trazida em viagem no tempo por ter se tornado uma séria ameaça à máfia no futuro.

Looper 2

Resenha: É aquela ideia de time travel: Você vai pro futuro para resolver coisas. O problema é que essas coisas são: matar seu eu do futuro. LOUCO, NÃO?!!!!
Eu assisti todo o filme e fiquei WHATAFUCK por que é tudo meio confuso pra uma história só.
O Joseph Gordon-Levitt está quase irreconhecível, óbvio que para parecer o Bruce Willis mais novo, em momentos, não dava para saber se era o Joseph ou se tinham trocado por algum outro ator o_ô E finalmente: Bruce Willis não é o foco de filme! Nah, não me levem a mal mas NUNQUINHA que o vi como coadjuvante!

Pra quem gosta de sci-fi é algo inovador que não fica massante durante o desenrolar da trama porque não são pessoas aleatórias que tem os poderes telecinéticos e ficam jogando coisas de um lugar pro outro.

Ou seja: Gostei do filme quando parei de calcular os paradoxos.

Página 5 de 141 ...123456789... 14Próximo
Translate »