Categoria "Compras"
22.02.2015

Eu sou brechózeira, e daí?

Brechó: loja de artigos usados e conservados.
No século XIX um mascate chamado Belchior ficou conhecido por vender roupas e objetos de segunda mão no Rio de Janeiro. Com o tempo o nome se transformou por corruptela em “Brechó” (fonte: wikipédia)

Eu sou brechózeira 1

Conheci o Brechó Trash  em meados setembro de 2012 e nunca mais saí de lá. É um grupo no facebook – que no começo não tinham mais de 400 pessoas e hoje são em torno de 13 mil – e que querem desistir de roupas em bom estado. Não só roupas como calçados, itens de decoração… Enfim, tudo.

Desde que estou lá já vendi muitas coisas, praticamente troquei meu guarda roupas GG pelo atual M, fiz trocas de produtos e conheci muiiitas pessoas.

O grupo ainda tem alguns problemas com pessoas desonestas e filinhas de mamãe que só querem causar mas até o momento, eu só tive sorte por lá.

Existem algumas regras na página e vou citá-las para entender melhor como funciona:

O Brechó Trash foi criado com o intuito em vendas de produtos novos ou semi-novos.

Se você tiver uma roupa ou calçado, e quer colocar ele pra vender no grupo, aqui vão as regras:

  • Colocar nome do produto, TAMANHO e PREÇO.
  • Tirar foto em boa resolução. Quanto mais detalhes da peça você mostrar, melhor para sua venda.
  • A primeira pessoa que comentar na foto leva o produto, se a primeira desistir, a segunda negocia com a dona da peça e assim vai, por ordem dos comentários.
  • Marcações de pessoas nos comentários são válidas,mas apenas se a pessoa responder sem demora, se não acontecer isso a vendedora tem o direito de passar para a próxima interessada.
  • NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS pela negociação dos produtos, deve ser feita direta entre o proprietário e o potencial comprador.
  • Quando sua peça for vendida, por favor EXCLUIR A FOTO para que não haja problemas (vai ser muito mais fácil pra vocês se acharem).

Obs: Todos os produtos terão que ter preços de brechós, e não de lojas..

Acho que eu nem deveria colocar isso como observação, mas É PROIBIDO A VENDA DE ANIMAIS NO GRUPO, pois amigos não se compra!

Como eu costumo fazer as trocas/vendas: Marco em alguma catraca de metrô, levo o produto e fim. HUSIHAIUSHUAHUISHUAHSUIHS

Eu sempre falo para as meninas conferirem o que estou levando pra elas porque algumas vezes eu não conferi e peguei produtos lixo 🙁

Eu sou brechózeira

No Brasil ainda existe preconceito com o comércio de roupas usadas, mesmo que vendam roupas de qualidade, com a argumentação de que desconhece quem usou a respectiva peça e assim, opta por não comprar. Esse comportamento é diferente em países que passaram por guerra e por nações com concepções sociais evoluídas, já que tal postura preconceituosa não se perpetua pelo o valor que uma peça de roupa útil tem para a existência e sobrevivência humana.

Então é isso…
Você conhece brechós físicos ou tem o costume de trocas assim? Conte pra mim.

Página 4 de 41234
Translate »