Categoria "Livros"
08.01.2017

Resenha: #GIRLBOSS

#GIRLBOSS

Autor: Sophia Amoruso
Ano: 2015
Editora: Penguin
Páginas: 248
Mais informações: Skoob (4,3)

Sinopse: Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso.

PERSONAGENS E AUTORA

A personagem desse livro é a própria escritora, Sophia Amoruso, que escreve em 1º pessoa, narrando os perrengues que passou até chegar onde está: criadora e CEO da loja vintage Nasty Gal, uma empresa milionária.

E acredite, essa não é mais uma daquelas biografias chatas de alguém que cresceu em uma família influente e obteve sucesso na carreira escolhida, tornando-a mundialmente famosa. Nope. Essa é a história de uma menina-problemaê sociedade malvada–  que é introspectiva, nunca se adaptou á vida escolar e sempre preferiu brechós e roupas de segunda mão.

A escrita é leve, descontraída e cheia de palavras informais da língua inglesa (pois é, eu li o pdf em inglês) para aproximar todas mulheres interessadas no empoderamento feminino e em palavras de motivação.

ENREDO

#GIRLBOSS é uma auto biografia que mostra por trás das cortinas tudo o que Sophia passou nos seus primeiros 20 anos e também é um motivador que fala sobre o poder que temos em escolher qual rumo que nossa vida tomará á partir de cada decisão feita. Contando detalhes as coisas que ninguém imagina que uma mulher poderosa como ela já tenha feito (tipo o bafafá que deu sobre ter revelado que sua primeira venda online foi de algo que ela roubou) e dá dicas de coisas que nós não deveríamos fazer, por exemplo, em uma entrevista de emprego.

É perceptível que Sophia segue a teoria da atração e que não deixou de lado a parte do esforço mental e braçal em cada passo dado, mesmo depois do alcançado sucesso. Além de não deixar o sucesso e o $plimplim$  subir á cabeça.

Dicas importantes sobre a repetição de palavras e pensamentos negativos, como se portar quando estiver – e finalmente alcançar – a carreira e o prestígio desejado.

PARTE VISUAL

A capa é uma das mais amadas por blogueiras, fashionistas e executivas: pra todo lado que você olhar, ele estará lá. Simplesmente porque Sophia está na capa, fazendo sua pose #BADASSKICKER, mostrando o poder que toda mulher tem. Além da hashtag que dá nome ao livro #GIRLBOSS, que diz tudo e desconstrói a ideia de que toda mulher no topo de uma empresa é bossy, gíria na língua inglesa para mandona.

Dentro do livro, você encontra pensamentos inspiradores de famosos, depoimentos de outras mulheres empreendedoras e as ilustrações as maravilhosas com mais frases ‘tapa na cara’ como a foto aqui embaixo.

CONCLUSÃO

Ainda não entendo porque demorei tanto tempo para começar a leitura desse livro! E este é um daqueles que você engole em poucas horas, sem perceber.

É extremamente inspirador sobre a vida de uma pessoa que poderia ser eu ou você. Se você acha que não nasceu para trabalhar com algo, por não ter ‘se encontrado’ e se acha um fracasso em tudo que faz? Você PRECISA ler esse livro!

E aí, já lerau esse livro? Ficou com vontade de ler? Você conhece algum outro livro com esse mesmo assunto? Vamos bater um papo aqui nos comentários!

 

03.01.2017

Sorteio Coleção Percy Jackson e Os Olimpianos

Tenho uma surpresa para todos vocês que vem me acompanhando e viram a mudança LOUCA que aconteceu no ano de 2016 pra mim… Vim fazer uma viagem, conheci o amor da minha vida, casei e agora moro na Finlândia!

Com toda essa mudança, a maioria das minhas coisas ficaram em Sampa porque ainda não pude voltar pro Brasil. E o que decidi?
Durante o ano de 2017 vocês vão comemorar comigo e ganhar mimos pois farei sorteios dos meus livros que ficaram!!!
Que estão em maravilhosas condições, alguns ainda no plástico porque não tive chance de ler… 

Aproveite e dê uma olhada nas resenhas que fiz da Coleção!

Leia os itens á seguir para entender como funcionará!

Sobre os á serem realizados itens: 

  • É obrigatório curtir a página do A Bela, não a Fera no facebook e você ganhará 5 pontos com o like! (e acredite, tem muito conteúdo legal lá!);
  • Os outros itens, você ganhará de 1 á 4 pontos e pode se inscrever todos os dias, até o fim do sorteio!

Sobre o sorteio:

  • Residir no Brasil;
  • O sorteio vai ser realizado no dia 04 de fevereiro de 2017;
  • O prêmio será enviado em até 15 dias após o resultado;
  • O vencedor tem 48 horas pra me responder o email com seu endereço;
  • Eu não me responsabilizo por extravios do correios;

Começa em 03/01/2017 e termina 04/02/2017 ás 00hs

Todas as fotos aqui no post são OFICIAIS, ou seja, da coleção que o vencedor(a) receberá em casa!

a Rafflecopter giveaway

Essa coleção, com as primeiras capas não são mais encontradas á venda porque lançaram as novas capas! O valor da nova colação é de R$99,9o no submarino .

Esperem que estejam ansiosos como eu!🎈

19.12.2016

Personagens que não merecem presente de Natal

Spoiler alert: você pode ficar com raiva por eu ter agonia do seu personagem preferido da ficção!

Sabe aquele personagem de livro ou série que você é doida pra pendurar na parede e falar EI, PARA QUE TÁ FEIO?! Esse é o momento para falar sobre os personagens que o Papai Noel esse ano não trará presentes!

Louisa Clark (Como eu era antes de você) – Me explica como alguém pode ficar contente e ok em ter uma vida como ela tinha? E é o único motivo que me faz acreditar do porque do encerramento do livro ter sido tão fraco pra mim ~~ não entraremos no assunto minha opinião mas né~~. Pelo dramazinho que ela fez, não merece presentinho.

Diablo Ader (Demoníaca ) – filha de Lilith e Lúcifer, veio com uns papos de matar demônios mãaas se apaixona por um Incubo, fazendo a louca. Desconfio que a continuação do livro será um mimimi entre mortes MAAAAS ainda é um dos melhores livros de escritoras brasileiras que li nessa temática. Ela não ganharia presentes do Papai Noel nem se eu quisesse #JesusXLúcifer

Lorelai Gilmore (Gilmore Girls) – Assisto a serie por causa da Rory. a Lorelai quebra corações e age como se fosse uma criança e acabou por me deixar furiosa com as ações mimadas dela. Será que alguém me entende em pensar de dar conselho pro Luke deixá-la sem café?

Rollo (Vikings) – Trair o irmão? Fichinha. Quase matar o sobrinho? Bobagem.

Piper (OITNB) – A patricinha riquinha foi perdendo a essência depois que virou dona do pedaço e a vida de todo mundo tinha que girar em torno da dela. Kirida, cê não é o último pedaço de papel higienico na lojinha da prisão nãaao.

Cece (New Girl) – Pensa numa amiga cuzona. A maioria dos episódios que eram com a Cece, ou tava fugindo do Schmidt ou não estando presente quando a Jess precisava. Acho que ela bem merece ficar sem o Schmidt e sem presente.

Sookie (True Blood) – Pensa numa pessoa sonsa. Se fazendo de coitada e ‘não estou tendendo, vem ser meu namorado’, ela conseguiu fazer com que eu parasse de assistir a série na terceira temporada.

Emily (skins 2º geração)– Troféu menina malvada é a adolescente mais confusa possível. Quebrou o coraçãozinho da Naomi nas tentativas de se afirmar heterossexual. Consegue ser mais chata que a Effy no quesito sentimentos.

E você, quem acha que deveria ficar sem o pavê da sobremesa da ceia de Natal?

Página 4 de 271 ...12345678... 27Próximo
Translate »