Categoria "Mulher"
10.07.2016

Copinho Coletor Menstrual? Como funciona?

Copinho Coletor Menstrual |A Bela, não a Fera

A primeira vez que ouvi falar em coletores menstruais achei um tanto estranho principalmente porque não conseguia imaginar como era, como funcionava. Tudo que não conhecemos sempre soa bizarro pra nós.

Após um dia de pesquisa e de conversar com minha amiga, achei que seria o que eu realmente precisava pra vida. Por quê? Além da parte que ajuda a economizar muuuita grana com absorventes e sem o incomodo de usar esse troço (donas de coxas grossas entendem:) ), é ecológico, não fica aquele cheirão forte (que só nós que estamos no período sentimos 🙁 ).

As pessoas mais próximas de mim sentiram nojo e começaram a argumentar (?) contra isso.
O coletor menstrual é um copinho que inserido na vagina recolhe o fluxo menstrual, ele é feito de silicone medicinal e por isso ele é bem flexível. O sangue coletado pode ser jogado no sistema de esgoto.

Ele tem um sistema que envolve vácuo e os músculos vaginais que mantém o coletor firme no lugar. O coletor é MUITO fácil de colocar ( acredito que algumas meninas podem se sentir um pouco desconfortáveis no começo, pela tensão de não saber colocar).

Quando se entende como se coloca realmente, não incomoda em nada. Melhor ainda: não vaza, não incomoda quando se usa o banheiro, você se sente sempre sequinha, não tem perigo de vazar, dá para andar de bicicleta, nadar, correr, jogar futebol !!!!.

Após o uso, basta lavar com água e sabão neutro (ou sabonetes íntimos) e usar novamente. O coletor tem cerca de 15ml e as chances de você encher o recipiente após usar o dia inteiro são mínimas, vai depender do seu fluxo. Aliás, o uso máximo é de 8 hrs.

O que eu acho importante do coletor é o conhecimento que se passa a ter de si mesma e do seu corpo, não ter nojo de si mesma, conhecer melhor as manifestações do corpo, como a menstruação, que ainda é um tabu para a maioria das mulheres.Love your body <3Os coletores menstruais tem o cuidado com o meio ambiente, já que não gera lixo e até onde eu conheço não é usado nada que venha de animal, além de durar 10 anos (lembra da parte de economizar com os absorventes?) E vale lembrar que eles existem desde 1932.

Não vou recomendar uma marca, porque no Brasil ainda é muito desconhecido mas no mercado livre você encontra alguns modelos e nas farmácias você encontra o modelo descartável -que eu acho inútil D:

Você tem que se atentar ao modelo antes de escolher porque existem um para quem já teve bebê e outro para quem não teve. E bem, não é recomendado para quem é virgem, já que é introduzido lá.

Também é legal conversar sobre com sua/seu ginecologista. No meu caso, ele nem sabia da existência disso e que foi um grande whatafuck pra mim.

Se mesmo assim continuar aquela dúvida sobre usar ou não… Pesquise, pesquise e pesquise sempre!

03.03.2016

5 personagens femininas que me inspiram

5 personagens femininas que me inspiram

Decidi citar apenas 5 personagens femininas que me inspiram por motivos de: vocês ficariam pelo menos três dias lendo sobre mulheres maravilhosas aqui.

Na verdade, escolhi apenas duas personagens. As outras três foram mulheres reais. E muito reais.

Charlotte BrontëCharlotte Brontë

” O coração humano tem tesouros ocultos, no silêncio mantido os pensamentos, as esperanças, os sonhos, os prazeres, cujo os encantos se quebram se revelados.” 

Para quem não reconhece esse nome, fiz a resenha do livro Miss Brontë mês passado. Ela é uma das irmãs Brontë, escritoras de 1800.

Imagine que nessa época, mulheres não poderiam escrever, muito menos escolher os livros que leriam – tudo passava previamente pela mão dos maridos e/ou pais e irmãos.

Quando Charlotte lançou Jane Eyre e todos descobriram que uma mulher tinha escrito aquele livro, tudo foi considerado muito vulgar. Onde já se viu uma mulher pensante, que enfrentava o patrão?!

Mesmo hoje, em pleno 2016, seus livros causam torpor para quem lê e enxerga todas as lutas que a personagem de seu livro superou.

Daenerys Targaryen Daenerys Thagaryen

“Há assim tão grande distância entre a loucura e a sabedoria?”

Nas últimas temporadas ela tem se mostrado meio cabaça, confesso. Tendo umas atitudes bem ‘por… por quê você tá fazendo isso, miga?!’ mas a Daenerys não dá o braço á torcer (mesmo fazendo escolhas erradas) quanto a decisões. Ela bate o pé e manda os dragões para cima sem medo do que pensem depois… Se sobreviverem.

Simples ensinamentos de Daenerys:

  • Se cair, levante.
  • Prepare-se sempre para o que está por vir.
  • Fale várias línguas, vulgo –  não se feche em um mundinho medíocre. Seja mais.
  • Aprenda com os erros.
  • Seja você mesma, não importa o que pensem á respeito.

Frida Kahlo Frida Kahlo

“Ao fim do dia, podemos aguentar muito mais do que pensamos que podemos”

Modinha de estampas étnicas á parte, essa mulher de olhar sombrio apareceu em minha vida com 14 anos, em uma exposição que visitei com o pessoal da escola. Lá, o clima pesado das obras da mexicana mexera comigo pesadamente: eu precisava saber mais dela.

A visão superficial que as pessoas tem dela é que Frida defendia sua posição como mulher depois de passar por um casamento tumultuado mas ninguém sabe a batalha mental de cada uma de nós. Ser humano é difícil, independente da época de existência. Ela passou por abortos, tentativa de suicídio, se mutilava e ainda assim, tinha forças para transpor em quadros sua dor.

J. K. Rowling

J. K. Rowling

“Nunca se envergonhe, sempre existirão aqueles que serão contra você, mas eles não merecem a mínima atenção.”

Queridinha de 10/10 jovens que amam a saga Harry Potter, muitos não conhecem toda a história de vida da criadora do mundo bruxo.

Quem ainda não assistiu ao filme A Magia além das palavras, é parada obrigatória para quem acha que a J.K. hoje é a mulher mais RYCA de UK por causa de um mero livro. Tudo que ela passou: desde um casamento abusivo em outro país e ter sido a melhor mãe solteira do mundo é exemplo para várias mulheres que passam pelo mesmo.

LagerthaLarghertha

“Não conseguiria me matar nem se tentasse por 100 anos.”

Sabe a palavra ‘embucetada‘?! Essa M-O-L-I-E-R é porrada, tiro e bomba. No primeiro episódio de Vikings  ela mostra que não é um personagem bonitinho, que procria e aceita as regras impostas pela sociedade que vive. Ela grita, mete a espada e comanda.

Com o desenvolver das temporadas, você vai ficando mais de cara ainda com essa mulher de personalidade. Não aceita traição, decide se tornar líder e domina a Shield Wall (parede de escudos) durante as batalhas.

Não é só por que não estamos em uma comunidade Viking, que devemos aceitar tudo que nos for imposto, não é?!

Sempre que penso o quão frágil uma mulher pode ser, lembro de cada uma dessas aí em cima.

Agora para lembrar do quão forte mulheres podem ser, eu olho para essa foto aqui em baixoA Bela, não a Fera: Mulheres da minha vida. Foto do bday do ano passado: Irmã, Mãe e Vó ♥ – todas com suas histórias de superação, entre eles casamento abusivo, traição e ser chefe de família.Esse post faz parte da blogagem coletiva do grupo Blogueiros Geek.

Esse post faz parte da blogagem coletiva do grupo Blogueiros Geek.

24.11.2015

Eu quero uma esposa.

Recentemente parei para pensar na classificação esposa.

É engraçado como casais separam-se com certa frequência e em uma ou duas semanas, você vê o ex-marido á procura de uma nova esposa e/ou com uma nova.

Eu quero uma esposa

Vou explica por que também quero uma esposa.

Eu adoraria voltar do trabalho e ter a casa limpinha.

Ter a casa toda perfumada, com o leve aroma do jantar no ar, por que minha esposa fez tudo enquanto eu estava fora –mesmo sabendo que ela também passou o dia no trabalho.

As crianças cheirosas.

Quero uma mulher que leve e busque as crianças na escola.

Que deixe minhas roupas limpas, passadas e já colocadas no guarda roupas; e quando ficarem velhas, sumirem sem que eu perceba e sendo substituídas por novas.

Quero uma esposa que arrume minhas coisas em lugares que eu possa encontrar quando procurar – mesmo eu tendo deixado em qualquer lugar, anteriormente.

E se eu encontrar alguém que atenda melhor os requisitos do que a esposa que já tenho, quero a liberdade de substituí-la.

Naturalmente, espero uma nova vida, já que minha ex-mulher vai ficar com as crianças e eu estarei livre das responsabilidades.

Quando eu tiver um emprego melhor, quero que minha nova esposa peça demissão do trabalho para ficar totalmente comprometida com suas obrigações.

E ao chegar os finais de semana, ela entenda que eu quero-a linda, arrumada, como uma anjinha da propaganda de langeries.

Quem não gostaria de ter uma esposa?

Eu quero uma esposa

 

Este é um post de libertação de paradigmas criados para a denominação de ‘mulher’ e ‘esposa’.

Para você que se interessa por temas relacionados, acho legal conhecer essa postagem também:

Girls just wanna have fun(damental rights)

Tipo menina

Quando ele deixou de te tratar como uma princesa? 

Página 2 de 41234
Translate »