Categoria "Rotaroots"
17.12.2014

5 pratos para quebrar em 2014

A ideia dessa blogagem coletiva baseia praticamente sobre promessas de fim de ano.
Tenho que escolher 5 sentimentos e/ou situações que quero deixar em 2014 e entrar com mente livre em 2015.

5586165869_8279316116_b

Então vamos lá:

1. Falta de independência: Anos e anos, em todo Reveillon eu reclamava que queria sair de casa, morar sozinha, fugir de certos ‘conflitos’ que normalmente temos em casa. E continuou assim por quase 10 anos: apenas como reclamação. O ano de 2014 se tornou especial pra mim nos 40 minutos do 2º tempo! Vou morar sozinha!!! Sábado é o último carregamento pra minha nova casinha (vulgo NerdLand ahah). Então deixo em 2014 a reclamação de falta de independência e entro 2015 com o ‘ agora é pra valer, é só você e você mesma’.

2. Procrastinação: Deixei tudo pra última hora. Sempre dei uma cochiladinha antes de fazer algo (e ás vezes nem fazia). 2014 foi um ano de enrolação pra mim por causa de sentimentos ruinzinhos que me rondaram no segundo semestre. Essa será uma promessa de forma como um desafio.

3. Má alimentação: Por conta das inconstâncias emocionais, o trabalho sem pausas para pensar e comer direito, o segundo semestre me engoliu e fez com que eu me tornasse um serzinho com uma péssima alimentação (lê-se: não me alimentando por horas :/) como antigamente.

4. Solidão: Sim, estou culpando todas essas situações ao 2º semestre de 2014. Me afastei muito de todos. Só trabalho e durmo. Quero que em 2015 pessoas que eu gosto estejam mais perto e que façam meus dias valerem a pena <3

5. Escotismo: Faço parte do movimento escoteiro desde 2004 mas fiquei 9 anos afastada quando mudei pra Sampa (mas sempre desejando voltar). Esse ano voltei ao movimento em Abril e percebi que não consigo mais ficar afastada. Que foi isso que me salvou de ir pra um caminho lixo e que me fez conhecer pessoas maravilhosas. 2015 volto para o GEAR Senta A Pua e quero muitas pioneirias, acampamentos, gritos de patrulha e Bravo! Bravo! Bravissimo! ecoando por toda parte.

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook.

29.10.2014

Analisando Meu Blog

Esse tema é uma auto-análise sobre o blog.

blog 1

Leve isso com você, e então você terá sempre um jeito de olhar para trás e lembrar-se de mim…

Escolhi o nome A Bela, não a Fera por vários motivos:

  • Me chamo Isabela. Apelido: Bela!
  • Sempre rolou aquela piadinha do ‘Bela? Tá mais pra Fera…’ por causa do sobrepeso. O nome do blog caiu como uma luva.
  • Amo a história da Bela e a Fera ( e até tenho uma tattoo no pé dos dois *-*)

Já fazem 4 meses em que venho aqui, carinhosamente postando palavras de motivação, resenhas sobre filmes e contando um pouco mais do meu mundo mesmo sabendo que, algumas vezes, ninguém vem aqui e lê. Faço isso por que gosto. Não quero fama. Quero apenas liberar o excesso de informação que meu cérebro cria em mente e que a boca mantêm em silêncio. Sei que muitas das garotas que escrevem de coração em seus blogs, o fazem para extravasar tudo o que não conseguem proferir com a boca.

Estou na blogosfera desde meus 15 anos, se contar os fotologs da vida e prestes a completar 10 anos por aqui, continuo a manter meu blog/diário que é extremamente pessoal e poucas pessoas tiveram acesso até hoje, mesmo tendo o #ABelanaoAFera.

Me sinto realizada em passar algumas horinhas aqui digitando, pesquisando e procurando imagens carinhosas e de conforto para ajudar a quem clicar no link do blog encontrado em algum canto da internet. Ainda mais quando vem alguém, reservando alguns minutinhos para escrever um comentário <3

Eu sou agradecida por todos que disseram NÃO para mim. É por causa deles que estou fazendo isso sozinha.

Eu sou agradecida por todos que disseram NÃO para mim. É por causa deles que estou fazendo isso sozinha.

Assim como eu gosto daqui por poder ser quem eu quiser, espero que gostem de cada post pois são feitos para vocês 😗

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook.

Página 4 de 6123456
Translate »