26.06.2014

Castelos pelo mundo #1

Princesa da Disney e amante de histórias de batalhas medievais que sou, noite passada sonhei que viajava com meu namorado pelo mundo para conhecer Castelos.
Decidi pesquisar além dos que conheço e dividir com vocês em três posts.

Castelo de Kyrenia – Chipre

castelos1

Cirênia – português brasileiro ou em grego: Κερύνεια; transl.: Kerýneia ou Kyrénia; é uma cidade no litoral do Chipre, destacada pelos seus históricos baía e castelo. Internacionalmente reconhecida como parte da República do Chipre, Cirénia está ocupada pelos turcos desde a invasão turca do Chipre em 1974. No passado era habitada sobretudo por gregos cipriotas, e actualmente a população de Cirénia é formada na sua maior parte por turcos cipriotas e colonos que vieram da Turquia.

Castelo de Eger – Hungria

castelos2

O Castelo de Eger é uma das mais populares atrações turísticas da Hungria e uma visita a ele vale muito a pena. O castelo fica a mais ou menos 90 minutos de trem de Budapeste. O castelo remonta ao século XIII e é famoso por ter impedido a invasão do exército turco em massa em 1552. Há quatro excelentes museus no castelo, bem como outras exposições interessantes.

Castelo de Peles – Romênia

castelos3

Conhecido como um dos mais belos castelos da Europa, o Castelo de Peles pode ser descoberto nas majestosas Montanhas dos Cárpatos, perto da cidade de Sinaia, na Romênia. São 168 quartos no castelo, e apenas 35 são acessíveis ao público. Recomenda-se visitar as salas de Holul de Onoare, Sala Mare De Arme, Sala De Teatru e Salonul Turcesc. Infelizmente, visitas guiadas estão disponíveis apenas no piso térreo e nos primeiros andares. É realmente um destino imperdível na Romênia.

O Palácio de Versalhes – França

castelos4

Em francês: Château de Versailles é um castelo real localizado na cidade de Versalhes, uma aldeia rural à época de sua construção, mas atualmente um subúrbio de Paris. Desde 1682, quando Luís XIV se mudou de Paris, até a família Real ser forçada a voltar à capital em 1789, a Corte de Versalhes foi o centro do poder do Antigo Regime na França.
Considerado um dos maiores do mundo, o Palácio de Versalhes possui 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos, 1.250 lareiras e 700 hectares de parque. É um dos pontos turísticos mais visitados de França e recebe em média oito milhões de turistas por ano, fica a três quarteirões da estação ferroviária. Construído pelo rei Luís XIV, o “Rei Sol”, a partir de 1664, foi por mais de um século modelo de residência real na Europa, e por muitas vezes foi copiado.

Castelo Howard – Inglaterra

castelos5

Castle Howard é um palácio rural inglês situado no condado de North Yorkshire, a 25 milhas (40 km) a norte de York. É uma das grandes residências privadas do país. A maior parte do edifício foi construída entre 1699 e 1712 para Charles Howard, 3º Conde de Carlisle, segundo um desenho de Sir John Vanbrugh. Não é um verdadeiro castelo: o termo é usado frequentemente para designar casas de campo construídas na Inglaterra depois da Era dos castelos (cerca de 1500) sem intenção de terem qualquer função militar. Tem sido a residência da Família Howard desde há mais de 300 anos. Atualmente, faz parte do grupo de patrimônio “Treasure Houses of England” (Casas Tesouro da Inglaterra). O palácio também está listado com o Grau I dos monumentos britânicos, e na propriedade existem muitas outras estruturas igualmente listadas, embora muitas delas estejam no “Buildings at Risk Register” (Registo dos Edifícios em Risco).

Castelo Chambord, Loir-et-Cher – França

castelos6

O Real Château de Chambord é um palácio da França localizado em Chambord. É um dos mais conhecidos castelos do mundo devido à sua distinta arquitetura em estilo Renascentista francês que combina as formas medievais francesas tradicionais com as estruturas clássicas italianas. Embora seja o maior palácio do vale do rio Loire, foi construído apenas para servir de pavilhão de caça para Francisco I de França, que mantinha a sua residência no Château de Blois e no Château d’Amboise. O projeto original do Château de Chambord é atribuído, apesar de várias dúvidas, a Domenico da Cortona, cujos modelos de madeira sobreviveram tempo suficiente para serem traçados por André Félibien, no século XVII. Alguns autores, de qualquer forma, afirmam que o arquiteto renascentista francês Philibert Delorme teve um papel considerável no desenho do palácio. Chambord foi alterado consideravelmente ao longo dos vinte anos que durou a sua construção (15193 ‑ 1547), período durante o qual foi supervisionado in loco por Pierre Neveu.

Castelo Ksiaz – Polônia

castelos7

Também conhecido como a Pérola da Baixa Silésia, o Castelo Ksiaz foi construído no século XIII por Bolko I (segundo filho de Boleslau II, o Calvo). O castelo foi destruído e reconstruído diversas vezes ao longo dos anos. Foi uma vez confiscado pelos nazistas e, em seguida, ocupado pelo Exército Vermelho. Visitas guiadas ao castelo para grupos e turistas individuais ficam disponíveis apenas na primavera e no verão.

Castelo de Praga – República Tcheca

castelos8

Pražský hrad está localizado em Praga, capital e maior cidade da República Checa.

O castelo de Praga, na verdade uma pequena cidade, tem vários pontos abertos à visitação. O núcleo inicial do castelo é uma visita muito interessante, pois na verdade é formado por três castelos independentes, sobrepostos. Cada camada foi construída numa época diferente. Infelizmente não resta muito das camadas mais antigas, mas ainda assim, o que pode ser visto ilustra bem a história e o estilo de sua época.
Gente, olha essa vista á noite! Me sinto uma lady!

Castelo de Bran – Romênia

castelos9

Está localizado próximo de Bran (na vizinhança da cidade de Brasov, no condado com o mesmo nome), é um monumento nacional e marco histórico da Romênia. A fortaleza situa-se na fronteira entre a Transilvânia e a Valáquia, pela estrada 73, encravado na floresta no sopé dos Cárpatos. Conhecido habitualmente como o “Castelo do Drácula”, é promovido como a residência da personagem que dá título ao Drácula de Bram Stoker, obra que conduziu à persistência do mito de que este castelo terá servido, em tempos, de residência ao Príncipe Vlad Tepes, governador da Valáquia. Atualmente, o castelo alberga um museu aberto ao público, exibindo peças de arte e mobiliário colecionados pela Rainha Maria. Os turistas podem ver o interior em visitas livres ou guiadas. Ao fundo da colina situa-se um pequeno parque museu ao ar livre, o qual exibe estruturas camponesas tradicionais da Roménia, como cabanas e celeiros, representando todo o país.

Castelo Frankenstein – Alemanha

castelos10

Os relatos mais antigos referentes a este castelo dão conta de que provavelmente foi construído pela família “Von Frankenstein”.
O alquimista Johann Conrad Dippel (1673-1734) residiu neste castelo, sendo-lhe atribuída, por uma tradição local, a destruição da torre por uma violenta explosão, fruto do manuseio de nitroglicerina, após o que teria sido expulso da região pela população enfurecida.

Outra lenda pretende que Dippel desenvolvia pesquisas com cadáveres, na tentativa de trazê-los de volta à vida, e que algumas vezes assinava o seu nome nos cadáveres como “von Frankenstein”, mesmo não sendo descendente da família. Mary Shelley (1797-1851) esteve com a família na região alguns meses antes de escrever a obra que a eternizaria, “Frankenstein”. Acredita-se que tenha ouvido este folclore e nele se inspirado para criar o enredo da obra, embora jamais tenha feito menção a isso. A planta do castelo Frankenstein foi a base para a construção do Castelo dos Jansen.

E então, o que acharam dos dez primeiros castelos que separei para vocês?

26.06.2014

Como substituir o sal dos alimentos e deixá-los mais saudáveis

O Sal refinado passa por um processo de retirada de seus nutrientes naturais. O motivo disto é para deixar o sal mais soltinho, branco, brilhante, rico em antiumectantes, alvejantes, estabilizantes e conservantes, do jeitinho que a dona de casa gosta!

sal1

Através deste processo, o único nutriente que resta, é o Sódio. Como todos os sais minerais do nosso organismo devem estar em pleno equilíbrio, incluindo o magnésio, calcio, potássio, enxofre, bromo e assim por diante o consumo em excesso de sal pode causar vários problemas à saúde.

Entre os possíveis problemas causados pelo sal refinado estão:

► Aumento da pressão arterial.► Aumento da retenção de líquido.► Insuficiência renal.► Insuficiência cardíaca.► Diabetes.► Asma.► Osteoporose.► Câncer de estômago.► Pedras nos rins.► AVC (derrames).

Como substituir o sal:

  • USE MOSTARDA

A mostarda é rica em vitamina A, vitaminas do complexo B e sais minerais. A quantidade de caloria na mostarda é muito baixa, por isso pode ser usada ao temperar um alimento. Ela reduz os sintomas de artrite reumatóide e de asma, além de ajudar a prevenir o câncer. Use a mostarda para temperar a carne, saladas, molhos e pratos salgados. Tome um certo cuidado ao comprar mostarda industrializada, pois dependendo da marca pode conter um alto teor de sódio o que acaba sendo mais prejudicial que o próprio sal. Nós gostamos muito da Mostarda do tipo Dijon para substituir o sal e geralmente compramos da marca Maille.

  • USE CURRY

Originário da Índia, esta iguaria vem da ideia de misturar diversas especiarias e ervas para incrementar o sabor das receitas. A palavra curry, significa molho em tamil, língua falada no sul da Ásia. Como o tempero é uma combinação de várias especiarias, existem vários benefícios reunidos e segundo estudos, pode ter efeitos positivos no mal de Alzheimer. O curry trás alguns benefícios como: anti-oxidante, termogênico, redução de riscos cardio vasculares, anti-inflamatório, melhora na circulação sanguínea e é ótimo no tratamento contra gripes e resfriados, entre outros. O curry é mais conhecido para temperar o arroz, mas pode ser usado para para substituir o sal em alguns tipos de molhos, carnes e sopas.

Colocando sal em suas feridas

Colocando sal em suas feridas

  • USE ERVAS FRESCAS

Além de dar um colorido no prato as ervas frescas têm uma variedade enorme para temperarmos a nossa comida e dar um sabor delicioso ao que formos comer. As ervas frescas podem substituir o sal quando formos preparar o arroz, temperar algum molho, carnes e saladas. Confira abaixo algumas das ervas frescas e seus benefícios:

  • ALECRIM
    Por ser um antioxidante e diurético pode ser usado na preparação de alimentos como carne de porco, carneiro e peixe e em saladas mornas com legumes e verduras. Além de auxiliar na digestão e proteger contra câncer.
  • CEBOLINHA
    Rica em vitaminas B e C, contêm enxofre o que é ótimo para combate de doenças cardiovasculares. Ele pode ser usado para temperar saladas, carne bovína, aves e peixes.
  • ENDRO
    Dá um sabor especial as saladas de frutos do mar, batata e pepinos. Ele protege o organismo de radicais livres e substâncias cancerígenas.
  • ESTRAGÃO
    Ótimo para temperar saladas com frango. Ela é rica em fitonutrientes e vitaminas.
  • HORTELÃ
    Esta erva pode retardar o envelhecimento e é rica em vitaminas A e C, cálcio, magnésio e ferro. Pode ser usada para temperar molhos, carnes, saladas, massas e sopas.
  • MANJERICÃO
    Use para temperar molhos de tomate e outros pratos com massas e saladas. Rica em flavonóides e óleos voláteis, protege contra bactérias indesejáveis, efeito anti-inflamatórios, melhora saúde cardio-vascular e reduz o risco de arritmias cardíacas.
  • ORÉGANO
    O orégano evita a hipoglicemia e suas folhas têm ação antioxidante. Use para temperar saladas, feijão branco, receitas a base de ovos, queijo e tomates.
  • SALSA
    Ela é diuréticas, combate o mal hálito, anti-oxidante e protege contra artrite reumatóide. Tempere com salsa quando preparar farofas, molhos, cozidos e saladas.
  • ALHO
    Reduz o colesterol e pressão alta, combate o envelhecimento, bom para o coração e aumenta a atividade das células de defesa do corpo. Use para temperar arroz, molhos, pratos salgados e carnes.
  • PIMENTAS
    As pimentas são Anti-oxidantes, anti-inflamatórias, aceleram o metabolismo, além de outros benefícios. São fontes de vitaminas A, C e B6, assim como de magnésio. As pimentas contém também uma quantidade significativa de betacaroteno, que pode ajudar a proteger contra certos tipos de câncer, como câncer de mama em mulheres antes da menopausa.

Gostou ou ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário

25.06.2014

Dicas | Skoob

Você já conhece o Skoob

Primeira coisa que você vê quando entra no site, é a pergunta: “O que você está lendo?” é exatamente isso o próposito do site. Saber o que você está lendo. Para quem ainda não é cadastrado você pode se cadastrar aqui. Para quem já está cadastrado mas não sabe como usar, leia o resto do artigo.

Montando sua Estante:

Este é o meu mural!!! Me adicionem lá :D

Este é o meu mural!!! Me adicionem lá 😀

É lá que ficará todos os seus livros… Não exatamente os seus. Já que pode ser adicionado livro que você quer ler, ou leu na primeira série por exemplo…
No lado esquerdo, você poderá ver todas as categorias que você pode classificar seu livro.  Lido, Lendo, Vou Ler, Abandonei, Relendo, Abandonei – Status da sua leitura quanto ao livro. Só pode ter uma dessas categorias por vez em cada livro. Tenho, Favorito, Desejado, Troco, Emprestei – Categorias múltiplas de categorização dos livros. Podem ser adicionadas juntas entre si e em combinação com as de “Status” de leitura, citadas a cima.

Agora as duas partes maaaaais legais:

Plus

Este são meus livros que estão para troca. Tem interesse em algum deles? :D

Este são meus livros que estão para troca. Tem interesse em algum deles? 😀

Aqui é o espaço para trocar os livros que você não quer mais, por livros que você tem interesse. Sei que é bem difícil de desapegar de alguns livros mas sempre tem um ou outro que você não gostou muito, que gostaria de passar para frente e pode ter certeza que sempre vai ter alguém com interesse!

Você pode adquirir os livros de duas formas:

  • Troca X Troca : A pessoa escolhe um livro seu e você escolhe uma dela
  • Plus: Você primeiro tem que enviar o livro pra alguém e ai você recebe pontos por isso, com esses pontos, você pega algum livro em troca com qualquer outra pessoa que tenha lá marcadinho ‘troco’.

Tem uma terceira forma:

Tem gente que vende os livros mas muitas vezes compensa mais ir á uma sebo.

Eles tem lá o preço tabelado do valor de envio do ‘Impresso Normal’ pelos correios, para todo o Brasil:

Envio SEM registro

1 (um) livro pesando 220g R$ 2,50
1 (um) livro pesando 400g R$ 3,65
1 (um) livro pesando 640g R$ 5,05

Cortesias

skoob3

Você simplesmente ganha livros ao participar clicando ao lado de cada livro. São sorteios que ocorrem semanalmente de novos títulos. Eles colocam ali a quantidade de livros disponíveis e quantas pessoas já estão participando.

Já ganhei esse livro aqui óh:

skoob4

Sinopse: Este livro conta a história de um bem-sucedido advogado de Nova York que desaparece de repente sem deixar vestígios, o que motiva Julia, sua filha, a ir atrás da única pista que tem – uma carta de amor de seu pai para uma mulher da Birmânia. Mas tudo isso é só uma introdução para a grande história que o leitor, acompanhando Julia, vai conhecer a partir daí. Um velho de Kalaw começa, então, a falar sobre a infância de seu pai, um período difícil para o pequeno Tin Win devido à crença de sua mãe que dizia que o menino havia nascido em um péssimo dia. Quando chega aos 10 anos, e parece já ter passado por muitos momentos ruins, ele fica cego. Mas diferente da forma que geralmente encaramos as coisas, isso não parece o fim do mundo para Tin Win.

Aqui está o link do meu perfil: ME ADICIONEM!

Já conhecem o Skoob? Efetuaram trocas ou ganharam alguma cortesia? Comentem!

Página 232 de 238«1 ...228229230231232233234235236... 238Próximo
Translate »