25.06.2014

7 armadilhas de quem não consegue emagrecer

Você não tem que desistir do que você gosta para ser saudável. Além disso, uma vez que aprendermos a controlar o açúcar no sangue, vamos nos surpreender com o que será eliminado da lista de alimentos favoritos. É só uma questão de tempo.

7 armadilhas

  • COPIAR A DIETA DOS OUTROS

Muitas vezes as pessoas pensam que a dieta do amigo é a dieta ideal porque deu certo pra ele: “Se está dando resultado para ele, dará para mim também!” é o que as pessoas pensam.

Para, gente. Para!!! NÃO TÁ CERTO!!!

Cada organismo funciona de uma maneira diferente e necessita de uma dieta específica. A verdade é “o que funciona para seu amigo pode não funcionar pra você”. Somente um profissional da área vai poder lhe direcionar para a dieta correta para o seu tipo de organismo e aí sim você com muita garra e perseverança conseguirá obter resultados.

  • PENSAR QUE COMER GORDURA VAI TE ENGORDAR

Por que engordamos quando não comemos gordura? Um dos motivos é que ao comer outros alimentos que se dizem saudáveis no lugar da gordura, não “enxergamos” o índice de açúcar escondidos deles, que é o maior mal da obesidade. Nosso corpo necessita de gordura, juntamente com bons carboidratos e proteínas saudáveis para funcionar em níveis ótimos e manter um peso saudável. Além disso, em muitos casos, a adição de gorduras boas como o abacate ajuda as pessoas a perderem peso.

  • NÃO SABER ONDE O AÇÚCAR SE ESCONDE

O açúcar é o maior vilão de todos quando o assunto é obesidade! Ele se esconde em alimentos que nem imaginamos que possa ter açúcar. As pessoas se confundem pensando que o açúcar está presente apenas nos alimentos doces, mas esta é uma grande armadilha. O açúcar também está presente em alimentos salgados, como pães, ketchup, lacticínios de baixo teor de gordura, entre outros.

  • ACREDITAR QUE TODA CALORIA É IGUAL

Você conhece alguém que conta cada caloria que for ingerir e mesmo assim não consegue perder peso? kkk Isso é errado.
Em primeiro lugar é horrível contar cada caloria que for ingerir, parece que a pessoa vira escrava do alimento e da dieta.
E em segundo lugar porque ela simplesmente não funciona.

Explicando: 100 caloria de bolacha recheada é diferente de 100 calorias de fruta. Além de que a fruta lhe trás mais benefícios do que uma bolacha. Uma caloria não é mais apenas uma caloria.

  • COMER SEM GLÚTEN, SOMENTE POR NÃO CONTER GLÚTEN

A onda de alimentos sem glúten está crescendo e na moda. Cada vez mais presente na alimentação saudável. Com certeza evitar o glúten pode ajudar bastante, até nos sentimos melhor após uma refeição, porém temos que tomar cuidado! Só porque o alimento é rotulado como sem glúten, não quer dizer que você pode comer a vontade. Pois alguns desses alimentos tem um enorme índice glicêmico, um belo exemplo é o caso da Tapioca!

  • PRIVAR-SE DE SEUS ALIMENTOS FAVORITOS

Tudo que é radical não da certo. Quanto mais você diz a si mesmo para não comer alguma coisa, mais você quer. Não é verdade?
É incrível como isso pode funcionar. Você pode deixar de comer chocolates, por exemplo por 1 mês, mas se você não controlar sua mente quando terminar este um mês você comerá mais chocolate do que já comeu até então, por compulsão.

A alimentação saudável não é privar-se de alimentos ou mudar drasticamente todos os aspectos do seu estilo de vida. Trata-se de aprender a apreciar o que você ama de uma forma saudável.

  • COMER MUITAS FRUTAS

Fruta é rica em nutrientes e vitaminas, não podemos negar. Porém ela também contém frutose, que vira açúcar no sangue. Portanto, as frutas podem engordar SIM!
Isto não quer dizer que você deve evitar as frutas. Apenas não pense que está fazendo uma sábia escolha ao trocar um lanche da tarde rico em proteínas por frutas, por exemplo. Ou ainda tomar muito suco de frutas no lugar do refrigerante, isto não é uma troca inteligente. Troque o refrigerante por chás ou água!

7 armadilhas2

Gostou ou ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário.

24.06.2014

Esqueça a palavra DIETA e use REEDUCAÇÃO ALIMENTAR

Como eu disse no post sobre o começo de tudo, nunca fui de seguir dietas nem nada no tipo. Vejo minhas tias e amigas se matando com “dieta disso”, “dieta corta aquilo”, “essa dieta funciona”, “emagreça tanto com a dieta do não sei o que”.

Você está com fome? Sim ( ) Não (X)

Você está com fome? Sim ( ) Não (X)

A palavra Dieta já virou algo torturante, ao meu ponto de vista. É um negócio chato, que vão ter restrições das coisas que você mais gosta de comer. E que vai durar um espaço curto de tempo: até que você alcance o peso desejado ou que se encha e jogue tudo para o ar!
No caso de alcançar o peso desejado após um prazo de tempo com uma Dieta X… E depois?
Na maior parte das vezes, percebo que a pessoa relaxa e volta a se alimentar como antes, ás vezes até comendo mais por causa do tempo que ficou sem comer isso ou aquilo; devido as restrições.

REEDUCAÇÃO ALIMENTAR2

Percebi que a melhor maneira de emagrecer e manter a forma é com a Reeducação Alimentar que no próprio nome diz: te reeduca, te ensina a se alimentar. É uma forma de manter para ‘todo o sempre’ aquele ritmo de alimentação.
Para cada tipo de corpo e rotina existe uma melhor reeducação. Procure sempre um nutricionista para ter noção de qual é a melhor para você.

O ideal – e que todo mundo está cansado de saber – é manter uma alimentação de 3 em 3 horas, comer em pequena quantidade.  Consiste na mudança de alguns hábitos, mas sem deixar de fora o que faz parte da cultura do indivíduo.

A principal coisa que devemos aprender é que a reeducação alimentar não consiste em deixar de comer tudo o que gosta e passar a comer somente frutas, verduras, legumes e alimentos light. Muito pelo contrário, é aprender que você pode comer tudo, mas sem exageros e de forma equilibrada de maneira geral podemos pontuar algumas atitudes que qualquer pessoa pode adotar para “reeducar” a sua alimentação:

  • Beba de 8 a 10 copos de água por dia;
  • Evite o consumo de alimentos industrializados e fast-food;
  • Substitua refrigerantes por sucos de frutas naturais;
  • Inclua alimentos integrais no seu cardápio;
  • Evite o consumo de alimentos ricos em gordura como: frituras, carnes gordas, queijos amarelos, manteiga;
  • Doces são permitidos, mas esporadicamente e em pequena quantidade, de preferencia naturais;
  • Pratique atividade física regularmente.

Assim vocês adaptam a alimentação para o resto da vida e não só por um período. A frase que me persegue é: “Eu como para viver, não vivo para comer”.

REEDUCAÇÃO ALIMENTAR3

Gostaram das dicas ou ficou com alguma dúvida? Deixe seu recado 😀

24.06.2014

Batata Doce: “A” receita

Meu namorado me deu uma ótima dica que eu nunca nem imaginava em consumir: batata doce.
Tenho um certo ‘nojinho’ do doce de batata doce e aí vem meu bem e fala ‘faz um purê de batata doce’.

Revirei os olhos em estranheza mas corri na feira, comprei e fiz. Além de ter ficado gostoso, me deixou satisfeita por horas!

Batata-doce

A batata doce em comparação com a batata inglesa possui cinco vezes mais Cálcio, o dobro de fibras e mais Potássio. Comparada à mandioca, ela também tem maior teor de fibras e Cálcio, assim como proteína, Fósforo e Potássio. Ela estimula o intestino, auxilia no controle do diabetes e do colesterol, embora mais calórica do que a batata, a batata doce ajuda a emagrecer. É uma fonte de energia para esportistas, pelo alto teor de carboidrato, a batata doce é também uma aliada da saúde, é uma ótima alternativa para consumir antes de alguma atividade física, principalmente anaeróbica, pois tem baixo índice glicêmico é lentamente absorvida e proporciona energia durante a atividade.

Vou dar A melhor receita de purê de batata doce:

Ingredientes

  • 500 gramas de Batata doce;
  • 2 colheres de sopa de Cebola ralada;
  • 2 unidades Alho (dentes);
  • 2 colheres de sopa de Azeite de oliva;
  • 2 colheres de sopa de Queijo requeijão light;
  • 100ml de Leite desnatado.

Modo de preparo:

  • Higienize a batata doce, a cebola, os alhos. Rale a cebola e fatie os alhos. Reserve.
  • Cozinhe a batata doce – COM CASCA PARA NÃO PERDER OS NUTRIENTES!!! – até ficar macia, descasque-a.
  • Refogue a cebola e o alho no azeite por 3 minutos.
  • Passe a batata doce no processador junto com o leite, (caso utilize o liquidificador pode necessitar de mais leite), junte os restantes ingredientes do refogado.
  • Leve o purê ao fogo médio e mexa continuamente por 4 minutos.
  • Bom apetite!

Gostaram da Receita? Tem outra receita para me recomendar? Comente!

Página 236 de 241«1 ...232233234235236237238239240... 241Próximo
Translate »