29.12.2016

Evolução do blog em 2016

Minha ansiedade está no auge e o meu cérebro não para de criar novas coisas, como sempre aconteceu desde que o A Bela, não a Fera nasceu.

Não existiu um momento sequer que eu falasse ‘aff, to sem criatividade de criar algo pro blog’. Ao contrário, minha mente sempre pipocou de ideias mas por uma ansiedade aqui, e outra ali, acabava não postando.

E foi assim que pulei o tema do BEFA de ontem e que vou postar hoje porque sinto que é MUITO importante dividir com vocês a EVOLUÇÃO DO A BELA NÃO A FERA em 2016!

Esse é um post com dados e sobre pontos do que fiz pra melhorar a audiência do blog.

Essa é uma analise com base nos dados do Google Adsense de 29/12/2015 á 28/12/2016**

A época que o blog mais teve visualizações foi quando comecei a escrever e gravar videos sobre a Finlândia. Dá pra perceber o quanto as visualizações aumentaram! (mas não acredito muito no Adsense porque uso outras duas formas de verificar as visualizações e el

Fazem quatro meses que tenho anotado o crescimento nas redes sociais também (coisa que nunca tinha parado pra fazer)

Dados de Setembro á 29/Dezembro de 2016

Visualizações mensais do blog | Setembro: 3.019 / Outubro: 6.367 / Novembro: 7.823 / Dezembro: 8.864

Inscritos no canal A Bela, não a FeraSetembro: 397 / Outubro: 419 / Novembro: 504 / Dezembro: 653

Página do Facebook | Setembro: 3524 / Dezembro: 3549

Seguidores no InstagramSetembro: 1.328  – Dezembro: 1398

BloglovinSetembro: 26 – Dezembro: 36

Youtube

Esse ano eu postei muito mesmo com a viagem: foram 51 vídeos!

E cada dia tenho mais ideias para dividir com vocês. Tanto que acabei criando MAIS um canal, pra filmar algo diferentinho –que tem um vídeo mais ou menos com a ideia e se você quiser seguir, tem o preview na barra lateral!

Acredito que os vídeos com maires visualizações se auto promovem com o título e as hashtags, já que eu não costumo divulgar incansavelmente, nem visitar muitos canais.

Os TOP 5 vídeos do Canal A Bela, não a Fera

Pra mim, todas essas visualizações são algo surreal! Nunca pensei que além de três amigas fossem assistir meu canal!!!

O que fazer para o blog crescer? 

Como disse lá em cima, acompanhei o crescimento e evolução do blog por quatro meses e comecei a me doar mais aos cuidados com ele: nas palavras, vídeos, fotos e divulgação. O que vou escrever que funcionou, foi a experiência com o A Bela, não a Fera e depende muito do quanto você vai decidir cuidar, amar e divulgar seu blog.

  • Criatividade. Ninguém quer ler o mesmo que já viu em outros 20 blogs, essa semana. Se for falar sobre a mesma coisa, use a criatividade para ser diferente e chamativa.
  • Palavras. Uma blogueira também é uma escritora, assim como escritores com seus livros lançados. Blogueiras escrevem sobre seu dia, o que pensam e sim, precisam ficar ligadas no que falar, quando falar e como falar. Isso incluí a gramática.  Aproveite para ler mais sobre SEO, que ajuda e MUITO.
  • Fotografia. Você pode usar sites para pegar imagens de domínio público, não tem problema. Eu mesma uso o Pexels, o VisualHunt, o Google e o WeHeartIt para conseguir fotografias para alegrar o espaço e passar a ideia do texto com uma imagem. Quanto mais fotografar, criar e ler sobre, mais atrativas as fotos ficarão. O importante é tentar, mesmo se não tiver a melhor câmera do mercado.
  • Blogagens Coletivas & Grupos no Facebook. Não use os grupos do facebook só para jogar o link e sair correndo. Escolha um ou mais grupos (depende do seu tempo livre) para fazer amizade, compartilhar ideias… Interagir. Mais as pessoas te conhecem, mais próximas elas vão desejar ficar. Nas Blogagens Coletivas, você pode até ser a musa inspiradora para aquela pessoa que não tem ideia sobre o que postar na temática (NÃO É PLÁGIO, tá? SÓ SE VOCÊ NÃO COPIAR O CONTEÚDO INTEIRO ) {{ Os Grupos que mais tenho participado é o Interative-se e o Café com Blog !}}
  • Divulgação pelo GooglePlus, Twitter e Instagram. Estar presente em mais redes sociais dá uma visualização maior no seu post. Eu quase não fico online no facebook, prefiro o twitter e o instagram, até mesmo para divulgação. No GooglePlus você encontra vários grupos para divulgação, e uma vez lá, é um mundo de postagens de blogs que talvez nunca conheceria se só participar e divulgar pelo facebook, nos mesmos grupos sempre…
  • Mude e poste sem medo. Começou o blog com críticas de livros mas agora quer contar do dia a dia da sua gata? Escreva! Tem temática NERD mas quer abrir mais possibilidades, talvez colocar receitas e OOTD‘s? Posta sim! Focando em apenas um assunto no blog, as visitas estarão limitadas á pessoas que procuram e gostam de ler somente sobre aquilo. Já escrevendo várias coisas, várias pessoas podem cair de paraquedas no seu blog e tornarem-se seguidores fiéis. Minha vida é tão variada que é sensacional aproveitar toda essa multiculturalidade e contar para o mundo. Mas se quiser escrever sobre um assunto apenas: seja a melhor, a mais atualizada. Sem meios esforços.
  • Leia e estude. Sua maior vontade é que o blog cresça? Leia, estude, participe de aulas online, dê o seu dia por isso. Bem, estudar nunca é perda de tempo, todo conteúdo aprendido pode ser usado na vida: online ou real!

Como não estou trabalhando nem estudando tenho minha rotina com o blog e as redes sociais (quando a ansiedade não ataca) mas ano que vem, isso pode mudar porque vou aplicar para uma nova graduação então agora é o momento de investir todo o tempo no blog.

Espero que essas dicas caiam em uma boa hora e que ajudem.

Você tem alguma carta na manga para evolução do blog e quer dividir comigo?

 

06.11.2016

O site Digital Influencers é confiável?

Digital Influencers Brasil | A Bela, não a Fera

Sabe aquela história de que divulgação boca a boca é o melhor tipo de divulgação? Pois é.

Recentemente me deparei com um site chamando Digital Influencers ( influences.digital ) que é a proposta de um app para gerenciar sua vida de Influencer Digital ( uma pessoa que é capaz de causar um efeito, mudança de opiniões e comportamento por postagens e comentários online.)

Aparentemente, após fazer o pré-cadastro, já que o app ainda não foi lançado, você recebe um número para convidar amigos e quem mais convidar pessoas, tem direito á receber o app primeiro!

Como o boca-a-boca é o mais importante nesse momento, a melhor forma de conseguir o cadastro é com o código do amigo que te indicou!!!Digital Influencers Brasil | A Bela, não a FeraA proposta, é maravilhosa em minha singela opinião, me chamou muita atenção, assim como de pequenos blogueiros, youtubers e instainfluencers, A Digital Influencers promete a aproximação com empresas, ou seja, recebendo propostas de parcerias pelo próprio aplicativo. Se você aceitar a parceria, o app gerenciará de forma transparente -o prometido- os planos entre você e a marca.

Existirão mais ferramentas como um chat para troca de informações (e pra se livrar de usar o whatsapp para trabalho) e um tipo de analytics + dicas para melhorar sua influenciação no mundo online!Digital Influencers Brasil | A Bela, não a FeraSe vai funcionar, é o negócio que eu fico na dúvida pois o site tem apenas dois links indicativos de existência: um Instagram e uma fan page no Facebook. Mesmo assim, estou muito ansiosa pela proposta e prometo continuar contando aqui!

BOOM! começou nesta primeira semana de novembro (em todos os tópicos de blogueiros, o pessoal deixando seus códigos e convidando a conhecer a plataforma) e no dia 04 já foram contabilizados 1.000 pré-inscritos. Claro que eu sou uma delas 😂😂😂Digital Influencers Brasil | A Bela, não a Fera



Atualização 07.11.16

Entrei em contato com a Digital Influencers para a divulgação do post  e recebi mensagens super positivas e com conteúdo para esclarecer de onde surgiram:

Digital Influencers Brasil | A Bela, não a FeraA Digital Influencers foi fundada por dois empreendedores de Fortaleza 
(Ceará): Marcus Coelho e João Felipe Levy. É uma Startup que foi 
pré-acelerada por uma aceleradora de Fortaleza. 
Recentemente recebeu um investimento-anjo para desenvolver a plataforma
completa. 
Além de ter ganhado um edital da Prefeitura de Fortaleza de fomento a 
inovação.

O app será lançado no máximo em janeiro (mas as máquinas estão á todo vapor 
para ser lançado antes do fim do ano!), para todo o Brasil.

Se você é uma EMPRESA, também tem Di pra você: digitalinfluencers.com.br



Atualização 12/01/2017
O app ainda não deu sinal de vida!

Como sempre digo para as amigas quando indico algo que funciona pra mim:

 Use o meu código de validação para me ajudar a trazer novidades aqui no A Bela, não a Fera!!!Código A Bela, não a Fera | Digital Influencers Brasil | A Bela, não a Fera

Se te ajudei a entender um pouco mais com esse post, nada melhor do que retribuir de alguma forma, né? 😍😍😍

22.09.2016

Os Prós e Contras de ter um Blog

Talvez vocês tenham notado que a quantidade de posts aqui no A Bela, não a Fera reduziu drasticamente. Pra quem não notou, pois é, não estou mais postando praticamente todo dia.

Tenho tirado um tempo maior do meu dia estudando coisas legais pra trazer pro blog e pro canal do Youtube porque não consigo mais me ver na posição de sentar para escrever um post e perceber que escrevi sobre a mesma coisa que mais ou menos cem blogueiras já fizeram. Síndrome do não quero ser como as outras? Sim!

Com uma grande razão para isso: quando criei esse blog, a intenção era- e continua sendo- mostrar quem eu sou e como funciona tudo em minha vida. E bem sei que não tenho uma vida muito parecida com a da maioria das pessoas, since ever.

Algumas semanas atrás, meu cérebro deu um BOOM avaliando as postagens que tenho aqui e vi que estava seguindo o FLOW da maioria das blogueiras que sigo e escrevendo sobre as mesmas coisas.

Tirei uma tarde para fazer uma lista sobre os Prós e Contras de ter um blog para ter certeza se deveria continuar levando como um hobby escrevo-quando-quiser ou se voltaria para as raízes.Prós e contras de ter um blog | A Bela, não a Fera

Prós de ter um blog

  • Tenho uma necessidade de escrever e criar coisas o tempo todo. Quando isso acontece, recorro ao papel e caneta, e ao blog. Ao postar no blog, penso que mais pessoas podem estar passando pela mesma coisa e gostariam de ouvir palavras acolhedoras 💓;
  • Amizades online são tudo de bom! Melhor ainda para quem está bem longe do seu país/amigos e se vê com certa dificuldade de interação com nativos, como eu. Nos dois anos de blog, conheci algumas meninas super amor e que considero PAKAS. Outras, comecei a ter maior contato depois que deixei o Brasil e acabo conversando praticamente todo dia. E quer saber? Eu realmente preciso delas na minha vida 💓;
  • Quem não ama receber elogios? Tipo quando você recebe uma inbox do amor, elogiando um post seu e falando que se identificou com o que escreveu ou um comentário no seu vídeo do Youtube, falando que passou/passa pela mesma coisa e não sabia como agir;
  • Se aprofundar em temas que você nunca imaginaria pesquisando só para trazer melhores palavras e pensamentos pro seu dia a dia. Como sou uma curiosa, estudar pra mim é a maior satisfação! Vocês nem imaginam quantas abas meu navegador consegue suportar com as linkagens de um texto para outro 😅😅😅;
  • Ser ouvida! Quando digo que sou muito fora da caixinha, é porque vocês não imaginam o quão diferente da maré que sou. Todo mundo tá pintando o cabelo de ruivo e eu estou jogando o preto azulado. Toda garota blogueira é Gamer que posta fotos em que cria a composição da imagem, enquanto eu estou realmente jogando vídeo game. Enquanto algumas feministas (semfuckinggeneralização) lutam para ter mais liberdade de colorir os pelos pubianos, eu quero ficar em casa cozinhando o almoço pro meu noivo. Com o excesso de informação que temos hoje na internet, fica confuso saber o que realmente acreditamos. E com a maioria pensando da mesma forma foi o motivo de que os Cosmos me colocou aqui para dar aquela remexida nas coisas. 😁
  • Auto-Conhecimento. A Bela que começou o blog em 2014 não existe mais. A Bela de setembro de 2016 não será a mesma em 2017. E o que o auto-conhecimento tem a ver com isso? Melhorias para o eu e assim, mudanças. 💓

Prós e contras de ter um blog | A Bela, não a Fera

Contras de ter um blog

  • Mesmo que eu tenha essa necessidade de escrever o tempo todo, algumas vezes, posso não ter absolutamente nada a dizer e quem segue o blog sedento por novidades, acaba ficando na mão sem novos posts;
  • Tudo que você disser, pode e será usado contra você” – acredite, a bloguesfera é um lugar em que pessoas pensam que você não pode mudar nunca de opinião e que, caso mude com o andamento de sua vida, você é falsa e perde o carinho dos seguidores que não entendem que AS PESSOAS MUDAM! 🌜🌚🌛🌝
  • Eu não ligo para anônimos mas muitas pessoas entram numa bad, a cada comentário maldoso de serzinhos que se acham os Superman da internet mas não colocam a cara a tapa. . Acredito que se você não aguenta críticas, mesmo quando construtivas, esse negócio de ser uma pessoa pública não seja para a sua pessoa.
  • Tirar fotos de tudo. Tô numa fase tão desapegada do celular e da câmera, que ambos acabam ficando de lado e quando percebo, tenho que fotografar isso ou aquilo e acabo tirando o dia para fotografar várias coisas e salvar imagens para possíveis posts. Tem quem goste de fazer isso, sem julgamentos 😌;
  • Promover posts é #01sacosemfundo. Confesso que não tenho paciência. Uma vez por semana vou em grupos do facebook para trocar ideia e deixar meus links em tópicos de divulgação, assim como no Google+ Comunidades mas sei que quem chega até o blog, vem por outros meios, como busca pelo Google.

-E aí, Bela, você tem mais prós ou contras de ter um blog?

Hoje, tenho mais prós do que contras mas pode ser que semana que vem, encontre mais contras e deseje jogar tudo pro alto. Caracterizando o meu eu, essa metamorfose ambulante.

Você tem algum pró ou contra de diferente opinião da minha? Conta pra mim! Adoro conhecer melhor a mente das pessoas 😍

Página 1 de 3123
Translate »