25.05.2017

FELIZ DIA DO ORGULHO NERD

25 de Maio: Dia do Orgulho Nerd – Dia da Toalha 

Se você está zapeando a internet sem saber o que fazer agora que chegou da escola/trabalho/faculdade… Digo-lhe que você não chegou aqui por acaso!

Para alguns pode ser apenas um modismo dos tempos atuais por causa do grande acesso á internet e á informação ou uma data sem importância, afinal, muitos julgam que NERD é moda. Pode até ser um motivo para se enturmar, para alguns mas a galera com mais de 20 anos passou por perrengues.

Por exemplo euzinha: sofria bullying na escola por ter mochila de rodinhas na 5º série e que preferia ficar na biblioteca lendo HQ’s ou sobre Wicca ao invés de ficar brincando com os outros. Preferia ficar em casa para ver X-men ou Power Rangers do que sair de casa por qualquer motivo. Me matava estudando, tirava notas boas e acredite, eu sempre amei estudar – ainda amo! Sentava na frente, realmente prestava atenção na aula e era ameaçada – e já até apanhei– por não ter passado respostas de uma prova ou não ter feito o trabalho pra alguém – fora os famosos trabalhos em grupo que eu acabava fazendo sozinha, o que se repetiu na faculdade

Hoje tudo isso é bullying e ninguém maltrata alguém chamando-o de NERD porque essa pessoa é descolada.
Ser um adulto NERD hoje é muito mais normal e aceitável do que ser um adulto NERD durante anos 90’s.

A imagem não tá tão boa mas essa é uma partezinha da minha casinha no Brasil. 

Já não precisamos mais esconder  ~~ tanto ~~ que temos mais de 20 anos e ainda gostamos de quadrinhos e super-heróis, que assisto Digimon e Pokemon, Hora da Aventura, Cavaleiros do Zodiaco, Sailor Moon e somos bem chatos com novo entreternimento porque sabemos o que é bom!
Que sou fã dos Jedis (ou dos Siths)e Harry Potter, que até poucos anos atrás ia em CON’s, e que gasto meus dinheirinhos comprando coisas temáticas do que gosto, sem tirar da caixa ou tirando e tendo uma casa que, antigamente, falariam que era uma casa de crianças -já que adulto não pode ter pôster na parede ou bichinho de pelúcia.

E que mais de 80% das minhas tattoos tem a ver com personagens ficticios de livros e filmes.

Isso pra mim é ser NERD! Pra mim esse é o orgulho NERD!

Podemos ter nossos vinte e tantos e trinta e tantos anos, e continuar a gostar de tudo isso mencionado antes. E quero que nossos filhos (e filhos dos amigos xD) sejam criados em meio a tudo isso também!

CCOMO COMEMORAR O DIA DO ORGULHO NERD

  • Releia suas HQ’s e Mangás preferidos – aqueles que você acha que não teria tempo pra reler com a quantidade de coisas que quer fazer;
  • Assista documentários como o COSMOS que tem no Netflix;
  • Comemore os 40 fucking anos do lançamento do primeiro filme do Star Wars assistindo ao aclamado New Hope;
  • Leia O Guia do Mochileiro das Galáxias ou assista ao filme – mas o livro é melhor /TodoBomNerdSabe;

Para quem nunca leu e não sabe porque comemorar com uma toalha:

“A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; Pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas do rio Moth;
Pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); Você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro;
E naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.
Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc.
Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.” 

  • Passeie pela internet á procura de novidades sobre o mundo Nerd que você deixou passar, ou procure por aqueles clássicos dos anos 80 e 90!

FELIZ DIA DO ORGULHO NERD FREEK!!!! Sejam orgulhosos do que amam e que ajudaram a tornar a pessoa que é hoje! 

A vida é uma só!

Não se privem por serem adultos… Pelo contrário! Curtam!!!! Agora é que a coisa fica legal!

17.02.2017

Funko Pop Chucky – Curiosidades sobre o personagem

Revendo alguns posts do ano passado, percebi que não tinha postado sobre o Funko Pop Chucky que comprei na mesma época do Dementador e do Spaulding!

Passei a infância toda dormindo em uma cama com, pelo menos 10 ursinhos de pelúcia. Não tirava eles do meu lado nunca. Até que um dia, minha irmã me fez assistir ao filme O Brinquedo Assassino, de 1989(sempre os irmãos mais velho causando né?!).

Depois dessa noite, eu trancava meus bonecos no guarda-roupas e ainda tinha que escutar minha irmã falando que eles viriam me pegar…

Criei uma fixação pelo personagem e pela história que serviu de inspiração, a do boneco Robert, mas nunca revi o filme de 1989 ou qualquer outro da sequência. >> Estamos trabalhando nisso 😅<<

Meu Boneco Assassino – Funko Pop Chucky

Este Funko Pop não é dos originais, como falei sobre o Capitão Spaulding. Comprei no Aliexpress em uma loja que vende os Funkos ~made in China~ bem bonitos e de qualidade e eu paguei apenas $8,99 . Você pode encontrar a loja pelo nome Erick’s Toy House (não vou colocar o link porque ele vive fechando e reabrindo a loja).

História real que inspirou o filme O Brinquedo Assassino (Child’s Play)

A história do boneco Robert começa em 1897, na cidade de Key West, Flórida.

A família Otto era dona de muitas plantações, por isso tinham muitos serviçais que eram maltratados.

Uma enfermeira jamaicana que dominava a magia negra e a arte voodoo e trabalhava para a família, infeliz com os maus tratos, entregou para o pequeno Robert Eugene Otto um boneco de pano. A criança, chamada Gene pela família, decidiu nomear o boneco de Robert.

E á partir daí, muitas coisas estranhas começaram a acontecer na casa.

Os vizinhos começaram a notar o boneco pelas janelas da casa quando a família saia.

Gene começou a culpar o boneco por pequenas traquinagens que aconteciam, assim como afirmar que ouvia o boneco rir e correr. A criança começou a ter pesadelos e gritar durante a noite, até que os pais foram ao quarto e encontraram todos os moveis jogados. Quando Gene disse “Foi o Robert!” , os pais decidiram colocar o boneco no sótão por muitos anos.

Mesmo depois de anos, quando Gene recebia visitas, os mesmos diziam escutar risadas e e passos no sótão, e então simplesmente parando de visitar a casa.

Eugene Otto morreu em 1972 e a casa foi vendida para outra família. E Robert continuava no sótão á espera.

A filha de dez anos dos novos moradores logo encontrou o boneco e o mesmo não demorou muito em começar a torturar a menina (Se perguntada, mesmo depois de 30 anos, a menina respondia que o boneco estava vivo e que queria matá-la!)

O boneco Robert, hoje está no Key West Martello Museum, ainda vestindo sua roupa de marinheiro branca e agarrado ao seu leãozinho. Alguns empregados do Museu dizem que o boneco ainda prega traquinagens.

Leia também

Não confunda com a história da Annabelle, viu?!

Você sabia da real inspiração para o filme Chucky? 

29.10.2016

Funko Pop Capitão Spaulding – Curiosidades sobre o personagem

Aproveitando embalo do post sobre meu Funko Pop Dementador e Halloween, resolvi mostrar mais uma das minhas novas aquisições!

Se você leu meu post sobre as compras no Aliexpress, sabe que o meu Capitão Spaulding não é um Funko Pop Original (dá pra ver pela cor do chapéuzinho dele 🎩) mas pra ser bem sincera, não vi diferença nenhuma comparado aos que vem na caixa!

Acredito que muitas pessoas não conheçam o Rob Zombie, muito menos o filme Casa dos 1000 Corpos.

Rob Zombie 👿é um cantor americano de Heavy Metal que ficou famoso com sua banda White Zombie e depois, em carreira solo. Sua popularidade só aumenta porque além de cantor, compositor… Também é diretor -e ás vezes ator- de filmes de Terror/Horror!Funko Pop Capitain Spaulding | A Bela, não a Fera

No filme A Casa dos 1000 Corpos, o Capitão Spaulding (Sid Haig) é apresentado como um palhaço vulgar e proprietário de um posto de gasolina que fez um puxadinho, criando um museu e um passeio por casas assombradas, focando em serial killers, homens insanos e casos de pessoas naturalmente estranhas.

Rob Zombie descreve Spaulding  como um ‘amável filhodaputa’.

Sua ideia principal é redirecionar um grupo de jovens adultos que procuram a lenda local de Dr. Satã para a árvore onde ele foi supostamente enforcado, onde acabam sendo encurralados com a família Firefly assassina.

Pelo fato dele nunca interagir ou falar com qualquer membro da família Firefly, fica incerto o quanto ele sabe sobre os assassinatos: se ele coage ou não, ou se ele é um assassino aleatório que não tem conexão nenhuma com os Firefly.

Na cena de abertura do filme ele atira e mata em dois assaltantes que tentam assaltar seu comércio.

Ele tem as palavras LOVE e HATE  tattooado nos dedos, uma referencia ao personagem Reverend Harry Powell de Night of the Hunter.
Funko Pop Capitain Spaulding | A Bela, não a Fera

SPOILER ALERT – Não leia esse parágrafo!!!

Só no segundo filme – The Devil’s Rejects – é que Spaulding tem um papel significativo como o patriarca da família Firefly.

O personagem do Captão Spaulding muda levemente. Já que abandona a maquiagem de palhaço durante a metade do filme e fica conhecido como Cutter

Funko Pop Capitain Spaulding | A Bela, não a Fera

Mesmo sendo uma versão não oficial de colecionável, estou apaixonada por esse palhacinho amável da minha coleção de Funko’s Pop de Terror/Horror/Lado Negro. 🌚🌚🌚

E você? Já conhecia o personagem e/ou o filme?

Tem estado com pânico dos rumores sobre palhaços assassinos por aí?🔫 🤡🤡🤡🔪

Conta pra mim nos comentários 🤡🤡🤡

Página 1 de 212
Translate »