02.02.2016

Quando o errado parece o certo.

photo-1432821596592-e2c18b78144f

Stranger typing… 

Sim, encontro-me mais uma noite naquele chat mundial de conversa via vídeo chamadas.

Não consigo organizar meus pensamentos por culpa da ansiedade. Não consigo escrever uma frase com nexo.

You: Qual é o segredo do sucesso?

Stranger: Trabalhar em silêncio e deixar que o sucesso faça todo o barulho.

Tenho medo que as pessoas acreditem que o sucesso está em seguir o caminho esperado pela sociedade: Estudar > Conseguir um bom emprego > Casar > Ter Filhos. Com certeza, a parte dos filhos é a cereja sob o bolo.

O sucesso não está em ter todo o dinheiro do mundo (mas até que ajudaria um pouco, não é?!), nem ser o mais popular.

Stranger: Você está aí?

You: Acreditar em mim mesmo? Não me deixar desviar pelo caminho que os outros mostram, onde tudo é lindo com filtros do instagram…

O Brilho do Sucesso está em ter consciência limpa de todos os atos feitos enquanto vivo. Não estragando uma amizade por ambição. Não destruindo um lar por prazer. Não pecando contra seus valores apenas para parecer mais legal em uma rede social .

Stranger: Pode parecer difícil de levar a sério em uma pessoa como eu, em meio a tantas telas de pessoas perdidas em prazeres, mas acredite. Eu sou como você. Confie em si mesmo. Todo mundo tem seus altos e baixos. Foque no que faz de melhor.

You: Eu não consigo levar a sério nada que começo. Tudo fica pela metade. A ansiedade, o medo de nunca ser bom o suficiente…

Stranger: Shh… O segredo é deixar ir. O segredo para ter sucesso? Ter foco no seu trabalho, não no dos outros. Faça o que puder, sempre se esforce muito.

You: Se você se diz igual a mim, por que não segue seus próprios conselhos?

… Connection lost…

Aquela sensação de conversa não terminada. Respirei fundo odiando o servidor do chat.

Após inspirar profundamente, abri os olhos com o Word aberto e finalmente consegui terminar de criar outro texto.

Definitivamente, conseguir dormir tranquilamente após um dia de conflitos: sejam eles de bombas ou de pessoas que fazem o mal, é um dos maiores pontos a serem alcançados para o sucesso.

O Brilho do Sucesso é sua ambição em não ser como os outros. 642 coisas para escrever sobre

#185 – O Brilho do Sucesso

642 coisas sobre as quais escrever é um desafio que foi criado em 24h por 35 escritores, que se juntaram para formar o grupo The Grotto em São Francisco. A intenção era juntar mais e mais escritores, formando uma conexão de inspiração.

Os desafios podem ser feitos na ordem, ou escolhidos aleatoriamente. Como sou maluquinha e não conseguirei seguir ordem e fazê-los todos os dias, cada vez escolherei um número.

Por sinal, abandonei por quase 6 meses o projeto mas voltei! Quem quiser ver os itens, só dar uma olhadinha no meu Listography!

19.01.2016

Qual é o som do silêncio?

A Bela, não a Fera

Em muitos momentos de incerteza da vida tentamos encontrar respostas para coisas inexplicáveis e corriqueiras do cotidiano.

Simplesmente entramos em epifanias de confusão mental e começamos a pensar, incontrolavelmente, em um ritmo frenético, sobre tópicos que vão entrando em correntes aleatórias, sem motivos aparentes.

Aparentes mesmo.

Apenas vinte e cinco anos bem vividos e querendo á essa altura do campeonato definir uma palavra de imenso peso?!

Na verdade, a meta não era trabalhar em algo que explicasse essa indagação mas o que aconteceu foram ideias pulando em meu cérebro, de um lado para outro, quando o que eu mais queria, era que minha mente parasse de exigir tantas abas abertas no navegador mental.

Quando finalmente me liguei no que acontecia neste embaralho de pensamentos, respirei fundo enquanto fechava os olhos para aquele dia de incentivos visuais e auditivos, e perguntei: qual é o som do silêncio?

A agitação esvaiu-se de mim mesmo com várias pessoas falando ao meu redor em uma reunião.

O silêncio não seria definido como aquele momento de meditação, sem ruídos sonoros. Muito menos por aquele momento que o cérebro masculino simplesmente desliga, segundos ao quais milhares de mulheres invejam – por motivos óbvios.

A depressão me levou a caminhos tão intensos que cheguei a conclusão que o som do silêncio parece com aquela ocasião em que você quer ter alguém para simplesmente deitar a cabeça no colo, receber afagos enquanto pensa em saídas para continuar valendo a pena de ser o esperma vencedor. Nenhuma palavra pode ser dita durante minutos mas o som da alma é alcançado em plenitude não sonora.

É quando seus pensamentos tentam te carregar para o fundo do poço, dando ideias de acabar com o ciclo da vida com apenas um clique. Você quer gritar para o mundo, até que seus pulmões rasguem mas o seu exterior mostra apenas os olhos embargados de lágrimas.

Assemelha-se com instante de corpos unidos no prazer com toda luxúria permitida. A posse de almas conectadas.

O som do silêncio foi definido antes mesmo que qualquer pessoa que viveu na terra, no momento de concepção de seu ser pelos Deuses.

642 coisas para escrever sobre

#203 - Qual é o som do silêncio?
642 coisas sobre as quais escrever é um desafio que foi criado em 24h por 35 escritores, que se juntaram para formar o grupo The Grotto em São Francisco. A intenção era juntar mais e mais escritores, formando uma conexão de inspiração.

Os desafios podem ser feitos na ordem, ou escolhidos aleatoriamente. Como sou maluquinha e não conseguirei seguir ordem e fazê-los todos os dias, cada vez escolherei um número.

Por sinal, abandonei por quase 6 meses o projeto mas voltei! Quem quiser ver os itens, só dar uma olhadinha no meu Listography!

22.12.2015

Entreaberto

woodframedoor

Fizeram amor. Transaram. Treparam.

E pela última vez isso aconteceu. O ar estava completamente cheio de embriaguez pelo momento.

Ele me encarou. Seus olhos percorriam cada linha de minha face para entender o que minha expressão dizia. Era óbvio que minha alma mostrava todo tesão e inocência ao mesmo tempo.

Seus ombros desceram juntos com o ar respirado enquanto sentava-se na cama, encostando na parede. Ele balançou a cabeça e, mais uma vez, encheu-se de ar, modelando as palavras.

-Isso não vai dar certo. Eu magoo todo mundo que está por perto. Se te faço bem agora, sei que depois não farei mais. Eu nem ao menos sei me fazer bem.

Cada pedaço de mim ainda latejava e eu não conseguia entender o que essas palavras deveriam significar.

O silêncio invadiu meus pensamentos, bagunçando as possibilidades. Eu sabia muito bem onde toda essa conversa nos levaria.

– Você me faz bem. Você é uma ótima amiga

Tudo finalmente fez sentido. Agora eu sei o que vem em sua mente quando pensa algo sobre mim.

Ele não me via como uma companhia, me via como alguém para ocupar o momento, para fugir da realidade. As pessoas para sempre separarão amizade de companhia.

Sempre tive a ideia de ter alguém por perto, planejar coisas que só os dois entenderiam é muito mais que uma amizade ou companhia. São questões de almas interligadas.

Eu estava lá, completa.

E ele entreaberto.

Fechando a porta para as chances de novas experiências, tornando a separação em um bloqueio para momentos felizes.

– Nossa amizade prevalece.

Me senti única, com sentimentos novos. Desejo de ser luz resplandecente em sua vida, diferente de todas as lâmpadas transgênicas que já ofuscaram pedaços de sua vida.

Única em cada gargalhada que já foi dada, por ter sido motivo de seus grunhidos sonoros que contagiavam-me completamente sem que me sentisse envergonhada.

Completa, em não te prender em mim por saber que a dança dos cosmos, por várias vezes, nos uniria. Desejando que a teoria do caos em sua complexidade cruzasse nossos paradigmas em conversas que nunca acabavam.

Nunca acabariam, até então.

Mania idiota do ser humano de se torturar por causa da felicidade, que deveria ser apenas vivida.

E assim ele se foi.

Sem fechar nenhuma porta mas transformando tudo que foi belo em algo de amargura pelos sentimentos que só vieram de uma parte.

A minha.

642 coisas para escrever sobre

#125: Abra o dicionário em uma página aleatória e escreva uma história baseada na primeira palavra que leu.

642 coisas sobre as quais escrever é um desafio que foi criado em 24h por 35 escritores, que se juntaram para formar o grupo The Grotto em São Francisco. A intenção era juntar mais e mais escritores, formando uma conexão de inspiração.

Os desafios podem ser feitos na ordem, ou escolhidos aleatoriamente. Como sou maluquinha e não conseguirei seguir ordem e fazê-los todos os dias, cada vez escolherei um número.

Por sinal, abandonei por quase 6 meses o projeto mas voltei! Quem quiser ver os itens, só dar uma olhadinha no meu Listography!

Página 5 de 131 ...123456789... 13Próximo
Translate »