10.07.2016

Copinho Coletor Menstrual? Como funciona?

Copinho Coletor Menstrual |A Bela, não a Fera

A primeira vez que ouvi falar em coletores menstruais achei um tanto estranho principalmente porque não conseguia imaginar como era, como funcionava. Tudo que não conhecemos sempre soa bizarro pra nós.

Após um dia de pesquisa e de conversar com minha amiga, achei que seria o que eu realmente precisava pra vida. Por quê? Além da parte que ajuda a economizar muuuita grana com absorventes e sem o incomodo de usar esse troço (donas de coxas grossas entendem:) ), é ecológico, não fica aquele cheirão forte (que só nós que estamos no período sentimos 🙁 ).

As pessoas mais próximas de mim sentiram nojo e começaram a argumentar (?) contra isso.
O coletor menstrual é um copinho que inserido na vagina recolhe o fluxo menstrual, ele é feito de silicone medicinal e por isso ele é bem flexível. O sangue coletado pode ser jogado no sistema de esgoto.

Ele tem um sistema que envolve vácuo e os músculos vaginais que mantém o coletor firme no lugar. O coletor é MUITO fácil de colocar ( acredito que algumas meninas podem se sentir um pouco desconfortáveis no começo, pela tensão de não saber colocar).

Quando se entende como se coloca realmente, não incomoda em nada. Melhor ainda: não vaza, não incomoda quando se usa o banheiro, você se sente sempre sequinha, não tem perigo de vazar, dá para andar de bicicleta, nadar, correr, jogar futebol !!!!.

Após o uso, basta lavar com água e sabão neutro (ou sabonetes íntimos) e usar novamente. O coletor tem cerca de 15ml e as chances de você encher o recipiente após usar o dia inteiro são mínimas, vai depender do seu fluxo. Aliás, o uso máximo é de 8 hrs.

O que eu acho importante do coletor é o conhecimento que se passa a ter de si mesma e do seu corpo, não ter nojo de si mesma, conhecer melhor as manifestações do corpo, como a menstruação, que ainda é um tabu para a maioria das mulheres.Love your body <3Os coletores menstruais tem o cuidado com o meio ambiente, já que não gera lixo e até onde eu conheço não é usado nada que venha de animal, além de durar 10 anos (lembra da parte de economizar com os absorventes?) E vale lembrar que eles existem desde 1932.

Não vou recomendar uma marca, porque no Brasil ainda é muito desconhecido mas no mercado livre você encontra alguns modelos e nas farmácias você encontra o modelo descartável -que eu acho inútil D:

Você tem que se atentar ao modelo antes de escolher porque existem um para quem já teve bebê e outro para quem não teve. E bem, não é recomendado para quem é virgem, já que é introduzido lá.

Também é legal conversar sobre com sua/seu ginecologista. No meu caso, ele nem sabia da existência disso e que foi um grande whatafuck pra mim.

Se mesmo assim continuar aquela dúvida sobre usar ou não… Pesquise, pesquise e pesquise sempre!

24.11.2015

Eu quero uma esposa.

Recentemente parei para pensar na classificação esposa.

É engraçado como casais separam-se com certa frequência e em uma ou duas semanas, você vê o ex-marido á procura de uma nova esposa e/ou com uma nova.

Eu quero uma esposa

Vou explica por que também quero uma esposa.

Eu adoraria voltar do trabalho e ter a casa limpinha.

Ter a casa toda perfumada, com o leve aroma do jantar no ar, por que minha esposa fez tudo enquanto eu estava fora –mesmo sabendo que ela também passou o dia no trabalho.

As crianças cheirosas.

Quero uma mulher que leve e busque as crianças na escola.

Que deixe minhas roupas limpas, passadas e já colocadas no guarda roupas; e quando ficarem velhas, sumirem sem que eu perceba e sendo substituídas por novas.

Quero uma esposa que arrume minhas coisas em lugares que eu possa encontrar quando procurar – mesmo eu tendo deixado em qualquer lugar, anteriormente.

E se eu encontrar alguém que atenda melhor os requisitos do que a esposa que já tenho, quero a liberdade de substituí-la.

Naturalmente, espero uma nova vida, já que minha ex-mulher vai ficar com as crianças e eu estarei livre das responsabilidades.

Quando eu tiver um emprego melhor, quero que minha nova esposa peça demissão do trabalho para ficar totalmente comprometida com suas obrigações.

E ao chegar os finais de semana, ela entenda que eu quero-a linda, arrumada, como uma anjinha da propaganda de langeries.

Quem não gostaria de ter uma esposa?

Eu quero uma esposa

 

Este é um post de libertação de paradigmas criados para a denominação de ‘mulher’ e ‘esposa’.

Para você que se interessa por temas relacionados, acho legal conhecer essa postagem também:

Girls just wanna have fun(damental rights)

Tipo menina

Quando ele deixou de te tratar como uma princesa? 

14.08.2014

Tipo menina.

A Always – P&G convidou garotos e garotas mais velhas para uma audição, onde pediu para que encenassem situações que eram descritas como “correr como uma menina”, “lute como uma menina”, “jogue uma bola como uma menina”.

Faziam imitações de caricaturas estereotipadas, como correr ‘mole’ e jogar a bola sem força.

Emocionante é ver o que acontece quando meninas mais novas são convidadas a interpretar as mesmas descrições de cenas. Ao mostrar o que era correr como uma menina deram o melhor de si, seja correndo no lugar ou saindo pelo set de filmagem. O mesmo aconteceu com todos os outros pedidos, que foram feitos com garra e com vontade.

Questionada sobre o que significava ‘correr como uma menina’, a garotinha de vestido rosa esclareceu: “correr o mais rápido que eu puder”.

Esse conceito negativo da comparação como uma menina só se torna um insulto no início da adolescência, entre os 10 e 12 anos.

O intuito da marca, através da campanha Always #likeagirl é mostrar que isso pode significar coisas incríveis, se pararmos de usar essa expressão como humilhação ou redução de alguém.

Ao final, os mais velhos que participaram da audição, foram incentivados a refletirem sobre a atuação que fizeram, e pede que mostrem como seria ‘rebater como uma menina’ sem pensar em estereótipos.

E obviamente: o resultado é completamente diferente do inicial. Uma bonita campanha de empoderamento feminino.

Gostaram?

Translate »